Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Sexta-feira, Maio 14, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Alentejo e Ribatejo lançam quatro rotas de turismo cultural

Quatro percursos diferenciados com um total de 28 programas compõem as Rotas do Touring Cultural do Alentejo e Ribatejo que a Entidade Regional do Turismo (ERT) apresenta, a partir de sexta-feira, começando pela dedicada à cultura avieira. Megalitismo, Fortificações, Barroco e Cultura Avieira são os temas propostos pelos percursos que pretendem ser um “produto atrativo que traga mais pessoas à região e ajude a fixá-las durante mais tempo”, explicou à agência Lusa o presidente da ERT do Alentejo e Ribatejo, António Ceia da Silva.

- Publicidade -

Os programas sugeridos pela ERT estarão disponíveis para ‘download’ nos sites oficias do turismo do Alentejo e do Ribatejo e dividem-se entre 17 propostas de três dias e 11 sugestões de percurso de sete dias, vocacionados para proporcionar aos visitantes um passeio cultural de um fim de semana ou de uma semana completa.

“Em termos de turismo cultural, o Alentejo e a Lezíria são regiões com fortes características, muita identidade e sempre entendemos ser importante criar rotas para venda pelos operadores turísticos ou para o próprio consumidor poder encontrá-las através das redes sociais ou outros meios, vir fazê-las de carro, com a sua família, e ser mais um motivo de atração para o território”, explicou Ceia da Silva.

- Publicidade -

A apresentação da Rota da Cultura Avieira, que “tem muita força na zona da Lezíria e na Carrasqueira”, em Alcácer do Sal, vai decorrer na sexta-feira, simbolicamente, nas aldeias de Escaroupim (Salvaterra de Magos) e Valada (Cartaxo) e dá o ‘pontapé de saída’ na divulgação das rotas culturais por parte da ERT.

“Trata-se de uma cultura [avieira] muito forte, que é diferenciadora, ligada aos pescadores que nos períodos em que não podiam pescar no mar vinham para os rios Tejo e Sado e criaram aldeias muito características, identitárias e específicas. O que vamos lançar agora é um conjunto de roteiros à volta dessas aldeias”, explicou o presidente da ERT.

As quatro rotas culturais vão ser divulgadas, também, através de uma brochura geral e folhetos específicos para os programas de três ou sete dias, além de vídeos promocionais dedicados a cada um dos percursos.

Agência de Notícias de Portugal

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome