- Publicidade -

Alcanena/Paris: Preso suspeito do assassinato na Serra de Santo António

Em novembro de 2015, Nelson Felicíssimo, 32 anos, morreu em Serra de Santo António, Alcanena, após uma emboscada junto ao carro, depois de ter saído do café da aldeia, perto das 23 horas. O Departamento de Investigação Criminal de Leiria (DICL) da Policia Judiciária prendeu na manhã de sexta-feira, 22 de julho, em Paris, França, um homem “fortemente indiciado pela prática de dois crimes de homicídio qualificado, nas formas consumada e tentada, bem como de roubo agravado” na Serra da Santo António. Ao mediotejo.net o DICL confirmou tratar-se do mesmo caso.

- Publicidade -

Segundo o comunicado enviado às redações, a “Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, identificou e localizou em França um homem, sem ocupação laboral definida, fortemente indiciado pela prática de dois crimes de homicídio qualificado, nas formas consumada e tentada, bem como de roubo agravado”. Refere que “a detenção concretizou-se durante a manhã de hoje, em Paris, no decurso de ação desenvolvida em estreita articulação com o Office Central de Lutte contre le Crime Organisé/Direction Centrale de la Police Judiciaire de França”.

“Os factos criminosos ocorreram na noite de 19 de novembro do ano passado, na Serra de Santo António – Mira D’Aire, na sequência de confrontos entre dois grupos que participavam numa transação de produto estupefaciente. A vítima mortal foi atingida por dois disparos de arma de fogo que lhe provocaram lesões traumáticas em órgãos vitais na região torácico-abdominal”.

- Publicidade -

A informação termina referindo que “o detido, com 28 anos de idade, vai ser presente às autoridades judiciárias competentes em França com vista a subsequente entrega ao DIAP da comarca de Santarém para sujeição a primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação tidas por adequadas”.

O jornal Correio da Manhã dá o homicídio como tendo ocorrido numa segunda-feira, a 16 de novembro, e já no concelho de Alcanena e não em Mira D’aire, concelho de Porto de Mós. Face às curtas diferenças de tempo e geografia (são territórios contíguos) de ambos os textos, o mediotejo.net pediu uma confirmação ao DICL, questionando quanto às semelhanças do caso. Trata-se efetivamente da prisão de um dos dois suspeitos do homicídio de Nelson Felicíssimo, confirmou.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).