Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Setembro 27, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Alcanena/Autárquicas | “Cidadãos por Alcanena” apresenta historiador Gabriel Feitor à presidência

Gabriel De Oliveira Feitor é o candidato do Movimento “Cidadãos por Alcanena” à presidência da Câmara Municipal de Alcanena, nas próximas autárquicas. Natural do concelho onde reside e a que agora se candidata, o jovem de 23 anos, investigador em História e Património, explica que “após ponderada reflexão, incentivado por um grupo alargado de pessoas das mais diversas sensibilidades e perspetivas”, decidiu “aceitar o desafio” e apresentar-se como candidato.

- Publicidade -

Esta é a sua primeira candidatura autárquica, “que faço com todo o gosto e determinação”, explica, justificando as suas motivações: “As pessoas e o concelho”. Gabriel De Oliveira Feitor salienta que conhece “bem o concelho, os seus problemas e as suas valias” por via da “ligação ao movimento associativo, a profunda identificação com este território, com as instituições e com as pessoas”, possuindo vários livros e publicações sobre Alcanena.

Sob o lema “Um concelho com futuro”, este é um “movimento de cidadania participativa, cuja matriz assenta no respeito da identidade dos locais, na necessidade da coesão do concelho, e na convicção que é imperativo fazer melhor”.

- Publicidade -

Gabriel De Oliveira Feitor visa “não só contribuir para a valorização da nossa identidade, como compreender o presente e, sobretudo, mobilizar vontades e construir um concelho com futuro”.

“Esta candidatura não é contra ninguém” garante o candidato ao liderar um grupo de cidadão que se apresenta a sufrágio a 1 de Outubro com “um projeto alternativo para tornar o concelho mais cosmopolita e desenvolvido”. Contra as maiorias absolutas e o “viver de aparências”, Gabriel De Oliveira Feitor defende que “o concelho não pode ficar estagnado, quase em gestão” e defende “mais transparência nos processos, mais idealização e racionalização nos projetos” bem como “mais proximidade com as pessoas”.

Há cinco linhas base no programa da candidatura “Um concelho com futuro” e que se traduz no “reforço da identidade concelhia; diversificação do tecido económico do concelho; melhoria da qualidade de vida inerente a uma indústria ecológica”. O jovem candidato pretende ainda definir “novas formas de sustentabilidade e promoção do concelho” além da “coesão social e cultural”.

O grupo de cidadãos irá apresentar candidatos à Câmara Municipal, à Assembleia Municipal, às freguesias e uniões de freguesias, o que fará publicamente no mês de Julho.

O atual vereador independente na Câmara de Alcanena, o professor Artur Rodrigues, eleito em 2013 pelo movimento ICA – Independentes pelo Concelho de Alcanena, anunciou, em maio, que não se vai recandidatar ao cargo nas eleições autárquicas de 01 de outubro.

Nas autárquicas de 2013, a lista liderada pela socialista Fernanda Asseiceira conquistou 42,73% dos votos (quatro mandatos), tendo a coligação PSD/CDS obtido 29,25% dos votos (dois vereadores) e o ICA 14,8% (um eleito), num concelho que tinha 12.809 eleitores inscritos.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome