Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Dezembro 1, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Alcanena | Tanque infantil das Piscinas encerrado para manutenção

O município de Alcanena deu conta que o tanque infantil das Piscinas Municipais se encontra encerrado desde segunda-feira, 24 de junho, para serviços de “manutenção corretiva”, devido “a incumprimentos verificados no âmbito do controlo da qualidade da água”.

- Publicidade -

Os restantes tanques vão manter o horário habitual. De recordar que durante o período de verão as Piscinas Municipais de Alcanena funcionam todos os dias no período da tarde, entre as 13h00 e as 20h00. Os banhistas são admitidos até às 19h00, com saída obrigatória dos tanques até às 19h30.

A mesma informação adianta que o tanque infantil vai reabrir ao público “tão breve quanto possível, procedendo-se à indicação da data de reabertura assim que a mesma seja conhecida”.

- Publicidade -

As Piscinas de Alcanena deixam ainda um conjunto de regras para a utilização correta do espaço, apelando-se ao respeito pelas zonas de troca de roupa e duches, evitando ainda correr na zona dos tanques e empurrar pessoas para a água. Deve-se tomar duche antes de entrar nas piscinas, sendo que na piscina coberta é obrigatório o uso de touca.

“Não urinar, defecar, assoar ou adotar outros comportamentos anti-higiénicos na água das piscinas ou nos pavimentos; não conspurcar os recintos com comida, bebidas, recipientes, invólucros, tabaco e, de um modo geral, todos os materiais ou objetos que poluam os locais ou a água; não projetar propositadamente água para o exterior das piscinas; não permanecer nas portas, escadas e locais de acesso das piscinas” são algumas das normas. É também proibida a entrada de animais, para além de fumar comer e beber na zonas das piscinas de natação, bebés e saltos.

“Não é permitido usar cremes, maquilhagens, óleos ou outros produtos suscetíveis de alterar a qualidade ou características da água; não são permitidos saltos para a água e saltos acrobáticos, com fins lúdicos; só é permitido no interior da piscina coberta vestuário adequado (calção de banho justo ao corpo sem bolsos para os homens, e fato de banho de natação para as senhoras, de derivados de licra), com exceção do pessoal da manutenção, professores, trabalhadores e indivíduos autorizados pelo dirigente máximo; não é permitido o uso de boias insufláveis, à exceção de braçadeiras, coletes e boias especiais para bebés, com supervisão dos tutores; não é permitido o uso de bolas nas piscinas, em contexto de lazer”, continua.

Os bebés devem usar fraldas específicas para piscina e a utilização dos escorregas deve ser a adequado, respeitando as normas de segurança. A piscina de saltos só é permitida a utentes com mais de 1,20 metros, sendo proibido saltar de costas, entre outras acrobacias ou atividades que coloquem em risco a segurança dos utilizadores.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome