Alcanena | Festival gastronómico da Cachola e da Morcela exalta tradições

O município de Alcanena promove a partir de hoje, dia 19, e até domingo, dia 22 de novembro, a nona edição do Festival Gastronómico da Cachola e da Morcela. O certame vai decorrer em oito restaurantes aderentes ao evento, anunciou a autarquia, e mantém-se apesar de Alcanena figurar entre os municípios de risco. Deste modo, este fim de semana, o festival vai funcionar em take-away ou entrega ao domicílio, nos restaurantes que possuírem o serviço.

PUB

“Uma oportunidade para refrescar a nossa memória e reavivar paladares antigos marcados pelos traços distintos desta cozinha de um Ribatejo serrano e pelos seus produtos mais típicos, valorizando os modos de confecionar, o nosso saber fazer, mas também os modos de comer e de partilhar, na mesa familiar ou na roda de amigos”, é a proposta da Câmara Municipal com este festival.

Cada restaurante participante será responsável pela composição de uma ementa, em que serão valorizados os produtos regionais e a gastronomia tradicional.

PUB

Os restaurantes aderentes são: Bulldega (Alcanena | Miranda (Casais Romeiros) | O Cantinho do Toino (Alcanena) | O Mal Cozinhado (Monsanto) | O Patanisca Dourada (Raposeira) | O Peregrino (Louriceira) | Retiro dos Pacatos (Malhou) | Simões (Vale Alto).

 

PUB
Cláudia Gameiro
Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).