- Publicidade -

Alcanena | Praia dos Olhos de Água com lotação de 300 pessoas

Na estando oficialmente classificada como “praia fluvial”, os Olhos de Água são ainda assim uma zona balnear à qual acorre a população do concelho de Alcanena e banhistas da região quando chega o calor. O município definiu também por isso medidas de prevenção do Covid-19, estabelecendo a lotação nas 300 pessoas e contratando uma empresa de segurança para vigiar o local. O dispositivo, garantiu a presidente Fernanda Asseiceira ao mediotejo.net, está no terreno deste o dia da Ascensão, 21 de maio.

- Publicidade -

“Como não é uma praia classificada, desde o dia da Ascensão que implementámos estas medidas”, adiantou Fernanda Asseiceira, uma vez que há a tradição da população ir aos Olhos de Água nesta data. A lotação foi calculada nas 300 pessoas e uma equipa de segurança está a vigiar o local, controlando as entradas e saídas, havendo também vigilância da GNR.

Foi encerrado o espaço de churrasco, o campo de jogos e o parque de campismo. O parque infantil tem uma lotação de seis crianças. Na praia deve-se manter uma distância de dois metros entre grupos de banhistas, não devendo haver ajuntamentos de mais de 10 pessoas.

- Publicidade -

Questionado sobre as enchentes das últimas semanas no local, a presidente adiantou que, apesar da afluência, não se tem registado problemas.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).