Alcanena | População indignada com nova onda de poluição marca manifestação para sexta-feira

Foto: Alexandre Coutinho

Não obstante um comunicado da AQUANENA ter procurado explicar a que se deve a mais recente onda de maus cheiros no concelho de Alcanena, a população está a reagir fortemente à situação. Durante o fim de semana um cartaz pejorativo foi afixado na rotunda à entrada da vila e o movimento SOS Alcanena está a convocar uma manifestação para sexta-feira, 24 de julho, pelas 20h00, antes da Assembleia Municipal.

PUB

Reativada foi também uma petição de 2019 contra a “Poluição Ambiental de Alcanena”, destinada a ser enviada ao Comissário Europeu para o Ambiente, Assuntos Marítimos e Pescas, que à hora de redação deste artigo contava com 1449 assinaturas.

Foi um fim de semana agitado pelo concelho de Alcanena onde uma onda de maus cheiros está a agitar a população. O Conselho de Administração da empresa municipal de água e saneamento AQUANENA tentou explicar o sucedido na sexta-feira, dia 17, apontando um “desequilíbrio na fase de tratamento biológico, associado a uma diminuição dos teores de oxigénio” na ETAR de Alcanena. Afirmou ainda estar a fiscalizar e a procurar soluções, mas os protestos não abrandaram.

PUB

Entretanto formou-se um grupo em 2019, designado movimento SOS Alcanena, que tem dado voz nas redes sociais à insatisfação da população. Desde logo tornou a circular uma petição, com data original de outubro de 2019, que aborda o histórico problema da poluição em Alcanena e exige “a intervenção de entidades estrangeiras no processo de forma a resolver com efeitos imediatos o problema de saúde pública que se vive em Alcanena mas, também, a monitorização dos maus-cheiros e emissões de gases prejudiciais à saúde, nomeadamente sulfeto de hidrogénio, por um período de, no mínimo, cinco anos”. O texto é endereçado à Comissão Europeia, neste caso o Comissário Europeu para o Ambiente, Assuntos Marítimos e Pescas.

No sábado, dia 18, surgiu uma fotografia da rotunda “Alcanena, capital da pele” com um cartaz por cima de “pele” a dizer “Merda!!!”. Desconhece-se a autoria do cartaz e da fotografia, que também circulou pelas redes sociais.

PUB

No domingo, 19 de julho, o SOS Alcanena realizou uma convocatória para uma manifestação na sexta-feira, dia 24, pelas 20h00, antes da Assembleia Municipal. Diz o texto que, “como é de conhecimento público, a situação ambiental em Alcanena tem prejudicado a vida e a saúde dos habitantes do concelho nas últimas décadas, tendo-se tornado particularmente grave nos últimos anos. Vários focos de poluição ambiental, com a libertação de H2S (Sulfeto de Hidrogénio) no ar de Alcanena, um gás particularmente prejudicial para a saúde, têm ocorrido de forma sistemática, levando a população a uma morte lenta”.

Continua referindo que “a falta de consideração da indústria poluente e a incompetência do poder autárquico têm criado desânimo e saturação na população que não parece disposta a tolerar mais um verão de maus-odores intensos e ar poluído que provocam vários efeitos na população: vómitos, dores de cabeça ou garganta irritada; além das alterações injustificadas no modo de vida num concelho com um dos IMI mais altos da região: com um calor insuportável ter de circular de carro com os vidros fechados, ter de fechar todas as janelas em casa e mesmo assim acordar com a casa empestada a “ovos podres”, ou ficar privado do que é um direito básico: respirar ar puro!”

Depois de um fase mais tranquila, após a requalificação da rede de coletores municipal em 2016, os maus cheiros voltaram em força em 2017, tendo agitado o período eleitoral. No final de 2019 tornou a fazer-se ouvir a voz da população, retornando agora neste mês de julho.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here