Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Agosto 5, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Alcanena | Plágio detectado nos Jogos Florais leva a nova atribuição de prémios

A vencedora do primeiro prémio de poesia, na categoria adulto, nos XXI Jogos Florais de Alcanena, terá efetuado plágio. A denúncia foi feita após a declamação do poema vencedor, aquando da entrega de prémios do concurso, a 11 de junho.
Um cidadão encontrou muitas semelhanças entre o poema vencedor e o poema “Metade”, de Oswaldo Montenegro, que é também canção, e comunicou-o ao júri do concurso.

- Publicidade -

Vicente Batalha explicou ao mediotejo.net que havia trabalhos de grande qualidade a concurso e que o júri teve dificuldade na decisão.

“Não nos apercebemos” da cópia, assume. Na sequência da denúncia, o júri reuniu com a vencedora, que assumiu as semelhanças e devolveu o prémio. Desta forma, o poema vencedor é agora “Saudade”, de Luciana Branco, anteriormente classificado em segundo lugar; e em segundo lugar, o poema “Saudades do Mar”, de Efigénio Café.

- Publicidade -

Vicente Batalha defende que teria sempre de ser dado conhecimento público do ocorrido, “para prestígio dos Jogos Florais”.

O Município de Alcanena, que editou um livro com os trabalhos vencedores desta 31ª edição dos Jogos Florais, irá publicar uma errata para integrar a obra que será distribuída às escolas e que também foi oferecida a todos os concorrentes.

Sob o tema “Património natural de Alcanena”, foram premiados 61 trabalhos entre 206 apresentados a concurso na área da expressão artística e literária.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome