Quarta-feira, Fevereiro 24, 2021
- Publicidade -

Alcanena | Piscinas Municipais continuam encerradas até ao final de fevereiro

A Câmara Municipal de Alcanena aprovou por unanimidade, na reunião do dia 21 de dezembro, realizada por videoconferência, o prolongamento do encerramento das Piscinas Municipais de Alcanena e de Minde até ao dia 28 de fevereiro. Esta decisão baseia-se nas medidas preventivas à Covid-19 e segue as recomendações das autoridades de saúde.

- Publicidade -

O vereador Hugo Santarém (PS), que dirigiu os trabalhos da reunião uma vez que a Presidente de Câmara se encontra em gozo de férias, lembrou que as piscinas são locais que podem acelerar a propagação do vírus devido à temperatura e à humidade provocada pela vaporização da água.

A vereadora do grupo Cidadãos por Alcanena, Maria João Rodolfo, considerou “sensata” a decisão e questionou porque não se aproveita o facto de as piscinas estarem fechadas para fazer as intervenções de manutenção e higienização que muitas vezes não é possível fazer durante o período normal de funcionamento deste tipo de equipamentos.

- Publicidade -

Em resposta, Hugo Santarém (PS) garantiu que estas fases de paragem são aproveitadas para se poder fazer algumas intervenções, dando o exemplo da substituição de toda a tubagem do ar na piscina de Alcanena.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).