Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Agosto 4, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Alcanena: Município quer o regresso das 10 freguesias

O executivo municipal de Alcanena aprovou por unanimidade na última reunião de câmara uma moção pela devolução das 10 freguesias ao município. O documento defende a abertura de um processo legislativo que possa repensar a reorganização administrativa.

Na moção “Devolver as Dez Freguesias ao Concelho de Alcanena”, o executivo municipal critica a reorganização “mal feita e antidemocrática” realizada em 2013, pedindo o “respeito das necessidades, das expectativas e da vontade democraticamente expressa das populações afetadas” com a eliminação da União das Freguesias de Alcanena e Vila Moreira e da União das Freguesias de Malhou, Louriceira e Espinheiro.

“Exige-se, igualmente, com esta moção, que este processo legislativo esteja concluído em tempo útil a permitir a eleição, nas autárquicas de 2017, das dez Assembleias de Freguesia do Concelho de Alcanena, de forma a não penalizar mais as populações já penalizadas”, afirma o texto.

A moção teve o apoio de toda a vereação. O vereador Artur Rodrigues (ICA) fez ainda uma breve exposição sobre os valores da democracia, defendendo que a reforma autárquica foi realizada de forma simplista.

Com a reestruturação autárquica em 2013 o concelho de Alcanena ficou reduzido a sete freguesias. A presidente da Câmara, Fernanda Asseiceira, lembrou que o atual Governo prometeu repensar esta matéria, pelo que o executivo entendeu votar esta moção, tornando a pedir o regresso das 10 estruturas.

c/LUSA

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome