Alcanena | Município vai pedir análises para medição do ar

A presidente da Câmara de Alcanena, Fernanda Asseiceira, decidiu recorrer a um laboratório de análises químicas e bacteriológicas, integrado num grupo de empresas com especial relevância na área do Ambiente e operação de instalações, para medição e avaliação dos compostos existentes no ar, na vila de Alcanena e em algumas zonas da Freguesia de Bugalhos, refere nota de imprensa.

PUB

“No âmbito da constatação dos odores desagradáveis que se têm feito sentir, predominantemente em alguns locais, identificados como mais críticos face às últimas ocorrências, e sobretudo de forma quase diária nos últimos meses, e não obstante estar a decorrer um estudo com idênticas características pela Universidade de Aveiro, promovido pela entidade concessionária do sistema – AUSTRA – , considerou o Município importante, realizar autonomamente, um estudo que visa a medição e avaliação dos compostos presentes no ar”, indica o texto divulgado pelo município.

A primeira reunião decorreu a 26 de outubro, quinta-feira, com deslocação aos locais já identificados. Foi depois feita uma apresentação do sistema de recolha e tratamento de águas residuais de Alcanena e discutido o planeamento e formas de atuação.

PUB

“Por parte do laboratório, foi feita uma primeira análise genérica à situação e foram apresentadas formas de recolha das amostras do ar, periodicidade e localização adequada para o estudo”, indica o texto.

A reunião, para além da presença da Presidente da Câmara Municipal de Alcanena, Fernanda Asseiceira, e do representante do Laboratório, contou também com a presença dos técnicos da autarquia, Samuel Dinis, Dirigente da Divisão de Planeamento e Gestão de Obras Municipais, e Miguel Guerreiro, dos serviços de Ambiente.

O município salienta que, ainda no mês de setembro, foi pedida a ação inspetiva da IGAMAOT – Inspeção-Geral da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território neste território, para identificação das causas e eventuais irregularidades existentes. “Está em fase de criação o Observatório Ambiental, já anunciado pela Presidente da Câmara”, continua.

“O desenvolvimento de todas as ações e as informações existentes poderão passar a ser consultadas no site da Autarquia na pasta AMBIENTE- ALCANENA, a partir da próxima semana”, termina.

PUB
PUB
Cláudia Gameiro
Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).