Terça-feira, Março 2, 2021
- Publicidade -

Alcanena | Município investe meio milhão de euros para requalificar estrada de Pousados

A Câmara Municipal de Alcanena aprovou, por unanimidade, na sua reunião de 15 de fevereiro, dar início ao procedimento de concurso público para contratação da empreitada de requalificação da Estrada Municipal 513-1, entre Alcanena e Pousados. O preço base da empreitada é 563.810 euros, acrescido de IVA à taxa legal em vigor, e tem um prazo de execução de 180 dias.

- Publicidade -

Para além do concurso público, foram aprovadas as Peças do Procedimento, a designação da constituição e competências do júri do procedimento, a delegação de competências na Presidente da Câmara e a designação do gestor do contrato, enumera informação municipal.

Esta empreitada prevê a repavimentação da via existente, o alargamento da plataforma da estrada existente para construção de passeio de mobilidade bidirecional, a construção da rede de drenagens pluviais e substituição da rede de abastecimento de águas existente.

- Publicidade -

As intervenções previstas no projeto encontram-se sujeitas à obtenção de parecer vinculativo de entidades exteriores, designadamente a Direção Geral de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo, da Agência Portuguesa do Ambiente e da Comissão de Coordenação Regional de Lisboa e Vale do Tejo, as quais já se pronunciaram favoravelmente, conclui o mesmo documento.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).