Terça-feira, Março 2, 2021
- Publicidade -

Alcanena | Município apoia com 10 mil euros Materiais Diversos e TV Minde

A Câmara Municipal de Alcanena aprovou em reunião de executivo, com os votos favoráveis da maioria PS e votos contra da oposição, dois apoios destinados a fins culturais: para a Associação Materiais Diversos e para a TV Minde. Os Cidadãos por Alcanena tornaram a frisar que o voto contra não se deve ao caráter das associações mas à falta de critérios de apoio do município.

- Publicidade -

Para a Associação Materiais Diversos foi aprovado um apoio de 5 mil euros, ainda referente às atividades de 2020. O montante destina-se a “comparticipação das despesas logísticas associadas ao desenvolvimento do seu plano de atividades, no ano de 2020, cuja programação assentou em três focos principais: trabalho com a comunidade escolar e com a comunidade sénior, formação e residências artísticas”, refere nota de imprensa municipal.

“O apoio atribuído tem em conta o vasto e constante trabalho desenvolvido pela Associação, no concelho de Alcanena, ao longo de 11 anos, e a importância do ensino e do trabalho artístico desenvolvido, sobretudo nas comunidades escolares e seniores do concelho, sendo de ressalvar a impossibilidade de desenvolvimento de outras ações, tendo em conta o contexto de pandemia que e vive no país, desde março de 2020”, conclui.

- Publicidade -

Também a Casa do Povo de Minde – TV Minde vai receber 5 mil euros “para apoio às atividades desenvolvidas por esta associação, na concretização da promoção da divulgação cultural, no âmbito da TV Minde, das atividades desenvolvidas de dinamização do concelho, pelas diversas iniciativas promovidas pelos agentes culturais, sociais e desportivos”.

“São obrigações da Casa do Povo de Minde, através da TV Minde, efetuar a divulgação dos eventos desenvolvidos pelas entidades do concelho e no concelho de Alcanena, durante o ano de 2021; efetuar a recolha e tratamento de imagens referentes às iniciativas constantes das agendas culturais do Município e previamente assinaladas como registos importantes, para espólio documental cultural; e colaborar com o Município no desenvolvimento de projetos de relevante interesse municipal, sempre que o Município o entenda”, refere também o município em nota de imprensa.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).