Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Setembro 17, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Alcanena | Hasta pública para venda de imóvel no Complexo Social José Policarpo

O executivo municipal de Alcanena aprovou por unanimidade o procedimento de hasta pública para alienação/compra e venda, com possibilidade de arrendamento, do imóvel municipal existente no Complexo Social José Policarpo Lopes da Silva, em Vila Moreira. O valor base de licitação é de 63 mil e 220 euros.

- Publicidade -

Segundo informação municipal, trata-se de uma fração L, tipologia T3, destinado a habitação, correspondente ao 2º andar direito, com área bruta privativa de 131,0810 m2 e área bruta dependente de 66,0188 m2. A hasta pública vai ter lugar no dia 20 de setembro,  uma sexta-feira, às 14h30, no auditório do edifício dos Paços do Concelho.

As propostas devem se entregues pessoalmente, no Balcão Único da Câmara Municipal de Alcanena, até ao dia anterior ao da realização da hasta pública. A forma de entrega das propostas e documentos que devem acompanhar as mesmas encontra-se descrita no Programa de Procedimento, o qual pode também ser consultado no Balcão Único da autarquia.

- Publicidade -

Caso não seja feita de imediato a compra e venda do imóvel e o interessado opte pelo arrendamento com possibilidade de alienação, o valor da renda a pagar durante 18 meses é de 150 euros mensais e será feita a atualização nos termos definidos no programa de procedimento.

No ato da arrematação, será efetuada, pelo adjudicatário, uma caução no valor de 500 euros.

O imóvel pode ser visitado por quaisquer interessados, até ao dia anterior à realização hasta pública, desde que o requeiram, por escrito, à presidente da Câmara Municipal de Alcanena, com antecedência de, pelo menos, três dias úteis, relativamente à data pretendida.

Para mais informações deve-se contactar a autarquia.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome