Sábado, Fevereiro 27, 2021
- Publicidade -

Alcanena galardoada pelo Alto Comissariado para as Migrações

O Alto Comissariado para as Migrações (ACM) realizou na segunda-feira, no Auditório dos Serviços Sociais da Câmara Municipal de Lisboa, o Encontro Anual Mentores para Migrantes, tendo a Câmara Municipal de Alcanena sido galardoada em reconhecimento pela sua participação no Programa Mentores para Migrantes, desde o seu início.

- Publicidade -

A cerimónia reuniu 9 figuras públicas em torno do apelo à participação voluntária de cidadãos, para apoiar migrantes na sua integração em Portugal, tendo também contado com a presença do Alto-comissário para as Migrações, Pedro Calado, para além de outras entidades.

O Programa Mentores para Migrantes totaliza, até à data, 70 participantes envolvidos em ações de mentoria (mentores e mentorados) e inclui uma rede de 53 parceiros nacionais, numero que se estende, a partir de agora, a mais dois parceiros internacionais, dando seguimento aos novos desafios que se colocam ao ACM.

- Publicidade -

A assinalar este Encontro Mentores para Migrantes, esteve a assinatura de protocolos com os representantes das entidades que trabalham com emigrantes portugueses no estrangeiro: a Confederação da Comunidade Portuguesa, no Luxemburgo, e o Centro Português de Apoio à Comunidade Lusófona, no Reino Unido.

Recorde-se que o Programa Mentores para Migrantes resultou de uma parceria com o GRACE – Grupo de Reflexão e Apoio à Cidadania Empresarial, em 2012, assumindo-se, na altura, como um projeto-piloto que, despois de testado, culminou, em 2014, com a celebração de protocolos com 42 parcerias, criando-se uma rede nacional de entidades dedicadas à integração de migrantes. O tempo ditou novos desafios e o programa está hoje mais consolidado e abrangente.

 

 

 

 

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).