Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Segunda-feira, Junho 21, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Alcanena | Fernanda Asseiceira despede-se da população nos 107 anos do concelho (C/VIDEO)

Com um extenso discurso onde recordou 12 anos de presidência, em três mandatos, Fernanda Asseiceira (PS) marcou em jeito de despedida os 107 anos do concelho de Alcanena. Sábado, dia 8, foram ainda entregues as medalhas do município, com destaque para a medalha recebida pelo Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, ao Serviço Nacional de Saúde. 

- Publicidade -

Manifestando-se “satisfeita” pela concretização de vários projetos estruturantes para o concelho, Fernanda Asseiceira discursou longamente, enumerando os objetivos alcançados em várias áreas do município, desde a obra da rede de coletores, às várias estradas recuperadas, edifícios requalificados e os programas de solidariedade e juventude, entre muitos outros.

Referiu ainda que o extenso passivo do município encontra-se atualmente reduzido a 5 milhões de euros, quando em 2009, quando foi eleita pela primeira vez, estava perto dos 20 milhões. Uma descida de 75% no endividamento municipal.

- Publicidade -

Afirmou assim que sempre encarou o seu trabalho como uma “missão”. “Procurei dialogar, articular, trabalhar com todas e com todos” na procura dos compromissos possíveis. “O serviço público esteve sempre em primeiro lugar”, salientou, agradecendo a todos os que a acompanharam nesta jornada. 

Num longo discurso, Fernanda Asseiceira lembrou o seu legado da última década Foto: CM Alcanena

“Tem sido uma honra ter estado como Presidente de Câmara”, afirmou, lembrando que foi a primeira mulher eleita para este cargo em Alcanena, tendo sido ela a celebrar o centenário da sua edificação, em 2014. “Viva o concelho de Alcanena”, terminou.

Apelou ainda a que o período eleitoral deste ano seja vivido de forma “construtiva” e que ganhe o projeto que melhor contribua para o crescimento do concelho. Fernanda Asseiceira não se pode candidatar às autárquicas de setembro/outubro por atingiu o limite de mandatos, levando o PS o seu atual vice-presidente, Hugo Santarém.

VIDEO: INTERVENÇÃO FERNANDA ASSEICEIRA, PRESIDENTE CM ALCANENA:

Durante a tarde ocorreu a entrega das condecorações honoríficas, onde foram homenageadas 19 entidades e personalidades. A medalha de valor e altruísmo do município foi entregue ao Serviço Nacional de Saúde, tendo-a recebido o Secretário de Estado António Lacerda Sales.

A medalha de mérito – grau ouro foi atribuída ao Agrupamento de Escolas de Alcanena, à empresa Azêdo &Ferreira, ao dramaturgo Bernardo Santareno (título póstumo) e a quatro médicos locais aposentados, nomeadamente Fernando Sales, Ana Maria Baptista, Maria Nunes e José Ruivo.

A medalha de ouro do município foi entregue ao ex-presidente da Câmara Luís Azevedo. 

A medalha de mérito – grau prata foi entregue aos professores aposentados do concelho, entre maio de 2019 e maio de 2021: Elza Caseiro, Maria Achega, Leonor Marques e  Filomena Moniz.

A medalha de mérito – grau bronze foi para as instituições e associações: Associação “A Casinha” – Centro de Acolhimento de Monsanto; Centro de Bem Estar Social da Serra de Santo António; Associação de Caçadores da Louriceira; APAL – Associação de Pais de Alcanena; APECC – Associação de Pais e Encarregados de Educação de Covão do Coelho; Agrupamento de Escuteiros de Minde – 1336.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome