Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Domingo, Setembro 26, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Alcanena | Faleceu Lara Maria, a menina com paralisia cerebral que uniu a comunidade do Vale Alto

Faleceu esta sexta-feira, 27 de agosto, aos 10 anos, Lara Maria, a menina do Vale Alto, concelho de Alcanena, com paralisia cerebral, que moveu ao longo dos últimos anos um conjunto de iniciativas para que tivesse acesso a tratamentos que lhe melhorassem a qualidade de vida.

- Publicidade -

Nascida em dezembro de 2010, o caso de Lara Maria comoveu a comunidade do Vale Alto, onde residia. Os pais acusam os médicos da Maternidade Bissaya Barreto, em Coimbra, de negligência durante o trabalho de parto, sendo que decorria um processo em tribunal do qual não é conhecido publicamente se chegou a resolução.

A informação do falecimento da menina foi comunicada pela família na página de Facebook “Tratamentos Lara Maria” na manhã desta sexta-feira. “É com muita tristeza que vos informo que nossa filha Lara já faleceu hoje de manhã, foi tudo muito de repente, agradeço a quem se quiser despedir pela última vez o velório será realizado no Vale Alto”.

- Publicidade -

Outro post refere: “Eu sei que é muito pedir, mas agradecia as pessoas que quiserem dar um último adeus a minha filha Lara Maria, de não irem vestidas todas de preto, ela é uma criança inocente que nunca fez mal a ninguém, ela é um anjinho”.

Lara Maria mudara-se recentemente para o Centro João Paulo II, em Fátima, uma residência dedicada a deficientes profundos. Na mesma página é mencionado que essa transferência se devia a motivos de saúde e cuidados especiais.

O mediotejo.net entrevistou a família de Lara Maria em dezembro de 2016, no âmbito das várias iniciativas que então se realizavam para recolher donativos para os tratamentos da jovem. O artigo foi republicado em 2019, na sequência de outras iniciativas de apoio.

A redação do mediotejo.net endereça à família de Lara Maria os nossos mais sentidos pêsames.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome