Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Outubro 18, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Alcanena | Executivo aprova apoios a associações desportivas

O executivo municipal de Alcanena aprovou na reunião camarária de 18 de dezembro, segunda-feira, apoios a duas associações desportivas do concelho. A vereadora Maria João Rodolfo (Cidadãos por Alcanena) votaria contra o apoio ao Vitória Futebol Clube Mindense por entender que o município está a assumir uma despesa que não lhe compete, quando os equipamentos municipais existentes carecem também de intervenção.

O Vitória Futebol Clube Mindense, esclarece nota informativa municipal, procedeu à apresentação de uma candidatura no valor total de 44.431,00 euros, ao IPDJ IP, no âmbito do Programa de Reabilitação de Instalações Desportivas (PRID), para obter apoio financeiro para a execução das obras de requalificação do seu campo de futebol, tendo como prazo de conclusão o dia 31 de dezembro de 2017. A candidatura foi aprovada, tendo o clube recebido a fundo perdido 11 mil euros.

“O Vitória Futebol Clube Mindense solicitou à Câmara Municipal de Alcanena a atribuição de um apoio pecuniário de 34.143,00 € (Trinta e quatro mil, cento e quarenta e três euros), para comparticipação das despesas associadas à requalificação das obras do Campo de Futebol”, refere o mesmo texto. O executivo PS aprovou este apoio.

Em reunião de câmara, Maria João Rodolfo colocou algumas dúvidas quanto a este financiamento. “Não estando em causa a necessidade das obras, e muito menos o papel do Vitória Futebol Clube Mindense”, frisou, a autarca constatou que o município já “é detentor e responsável pela manutenção de vários equipamentos e infraestruturas no município, (inclusive desportivos, como o Estádio Municipal Joaquim Maria Batista em Alcanena), os quais estão absolutamente carenciados de obras de manutenção”.

“O município deve apoiar mas não substituir-se às associações/coletividades no seu financiamento, devendo ter como prioridade garantir a manutenção adequada de todas as infraestruturas e equipamentos da sua responsabilidade”, defendeu. Referiria ainda que este “apoio foi enquadrado num contexto de excecionalidade, não garantido que o mesmo critério seja aplicado a outras coletividades ou associações”. Votaria por tal contra.

A vice-presidente Maria João Gomez argumentaria que a vereadora tinha um ponto de vista diferente, sendo que para o executivo PS tratava-se de um apoio a uma coletividade. A proposta foi aprovado por maioria.

Por unanimidade foi votado de seguida o apoio de mil euros à Associação Juventude, Amizade e Convívio. O montante destina-se à reparação da carrinha de transporte dos atletas, após ocorrência de um acidente, uma vez que a instituição não tem recursos para garantir o pagamento.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome