- Publicidade -

Sexta-feira, Janeiro 21, 2022
- Publicidade -

Alcanena | Empresários dos curtumes reuniram-se para debater estado do setor

A AQUANENA organizou, em parceria com a Câmara Municipal de Alcanena, um encontro com empresários do setor dos curtumes, no dia 15 de dezembro, para debater os grandes temas que estão no centro da atividade deste setor e da empresa municipal, adianta nota de imprensa da empresa pública. 

- Publicidade -

O encontro decorreu no Museu da Arte e da Indústria do Couro, em Alcanena, e juntou cerca de 30 participantes. A reunião contou ainda com as presenças do presidente da AQUANENA, o vereador Nuno Silva, do administrador Alexandre Pires, da administradora executiva, Isabel Pires, e do diretor de exploração da AQUANENA, Miguel Guerreiro.

“Tratou-se de um primeiro momento de debate e reflexão, em conjunto, sobre o presente e o futuro daquela que é a principal atividade económica do concelho de Alcanena e que representa uma parte muito relevante da atividade da AQUANENA, nomeadamente, nas áreas da gestão do sistema de tratamento das águas residuais e da atividade de fiscalização do sistema, que compete à empresa municipal”, refere a mesma informação.

- Publicidade -

No decorrer da reunião foi discutido o ponto de situação do Plano Estratégico de Saneamento de Alcanena, a aplicação do regulamento de serviços,  a implementação de medidas nas unidades de pré-tratamento industrial e a avaliação de desempenho da ETAR vs Requisitos LWG.

Nuno Silva salientou que o principal foco da empresa, nesta altura, “é a execução dos investimentos necessários para o cumprimento da licença de descarga e para a melhoria global do funcionamento da ETAR, no âmbito dos objetivos estratégicos definidos no Plano para a Evolução do Sistema de Saneamento de Alcanena”.

- Publicidade -

Para 2022 a empresa prevê a realização de investimentos acima de 9,1 milhões de euros, dos quais se destacam os projetos prioritários definidos pelo Plano Estratégico e que significam cerca de 7,6 milhões de euros.

“Frisando que esta é a primeira de outras reuniões, com carácter periódico, que a AQUANENA e a Câmara Municipal pretendem promover com os empresários, o presidente da empresa municipal sublinhou que os novos responsáveis das duas entidades pretendem implementar uma nova atitude colaborativa e transparente com o setor dos curtumes e que existe vontade de melhorar e de cooperar para o objetivo comum que é o de «catapultar o concelho de Alcanena, fixar população e melhorar o rendimento médio familiar dos munícipes»”, adianta nota de imprensa.

Do lado da assistência, refere a mesma informação, Gonçalo Santos, secretário-geral da APIC – Associação Portuguesa dos Industriais de Curtumes, afirmou que esta reunião promovida pela AQUANENA e pela Câmara Municipal “marca uma diferença de postura, com vários aspetos positivos a destacar, nomeadamente, a atitude pedagógica e de construção de futuro comum”.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome