- Publicidade -

Alcanena | Empresa pode ser multada até 144 mil euros por descarga poluente no rio Alviela

O Comando Territorial de Santarém, através do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Santarém, detetou uma descarga ilegal de águas degradadas na localidade de Pernes, no concelho de Santarém. Segundo as autoridades, a origem desta descarga poluente foi uma empresa de Alcanena e cuja coima pode ascender aos 144 mil euros.

- Publicidade -

No seguimento de uma denúncia e após diligências policiais, os militares da Guarda detetaram na quarta-feira “uma descarga de águas degradadas diretamente para linhas de água do Rio Alviela, tendo o seu início no concelho de Alcanena”, refere nota de imprensa da GNR.

“No decorrer da ação foi identificada a empresa infratora, tendo sido elaborado um auto de contraordenação ambiental, cuja coima pode ascender aos 144 000 euros, tendo sido remetido à Inspeção Geral da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território (IGAMAOT)”, conclui.

- Publicidade -

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).