Alcanena | Colecionadores reúnem-se no Pavilhão Carlos Calado

 

PUB

O Pavilhão Municipal Carlos Calado, em Alcanena (junto ao Jardim da República), recebe este sábado, dia 5 de novembro, o XX Encontro Nacional de Colecionadores, evento que decorre em simultâneo com o XV Concurso Concelhio de Colecionismo Jovem.

A abertura oficial do certame está marcada para as 10h30.

O dia será dedicado ao colecionismo e ao convívio entre os participantes. Pelas 17h30 são entregues os certificados e lembranças e anunciado o nome do melhor colecionador jovem do Concelho de Alcanena.

PUB

Programa:

9:00h – Chegada dos Colecionadores e distribuição de mesas

PUB

10:30h – Abertura oficial do Encontro

12:30h – Interrupção para almoço (o almoço é facultativo; inscrição no local ou via ficha de inscrição)

14:00h – Reabertura do Encontro

17:30h – Entrega de Certificados e lembranças aos participantes do XX Encontro Nacional de Colecionadores; Entrega do prémio ao melhor colecionador jovem do Concelho de Alcanena; Encerramento.

Mercadinho de Alcanena – Dia 5 de novembro, das 10:00 às 17:00, no Jardim da República

A Câmara Municipal de Alcanena promove igualmente este sábado, dia 5 de novembro, mais uma edição do Mercadinho de Alcanena, que decorre entre as 10:00 e as 17:00, no Jardim da República, em Alcanena, junto ao pavilhão Municipal Carlos Calado, onde decorrerá o XX Encontro Nacional de Colecionadores (caso se verifiquem condições climatéricas adversas, o horário e local poderão sofrer alterações).

Em nota de imprensa, a autarquia refere que o Mercadinho de Alcanena pretende “valorizar o meio rural e a sua população, dinamizando e consolidando as atividades económicas locais de agricultura, comércio e de artesanato, através da prática de uma agricultura sustentável, com controlo da produção e rastreabilidade, garantia de saúde, higiene e segurança alimentar, qualidade e genuinidade, através da venda de proximidade entre produtores e consumidores, na prática do comércio justo, de forma a potenciar e aumentar a biodiversidade dos alimentos não massificados (ressurgimento das variedades tradicionais) e a tradição alimentar”.

 

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here