- Publicidade -
Sábado, Janeiro 22, 2022
- Publicidade -

Alcanena | CHMT abre inquérito a denúncia de negligência quando Lar de Minde soma 17 mortos

O Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) abriu um processo de inquérito relativo à denúncia, que terá partido de dentro da instituição, das supostas condições de negligência em que os utentes do Centro de Bem Estar Social de Minde infetados com SARS CoV-2 terão chegado ao hospital de Abrantes e que motivaram uma notícia da TVI. A informação foi transmitida ao executivo na reunião desta segunda-feira, 7 de dezembro, pela presidente Fernanda Asseiceira (PS), reiterando que não há indícios de que tal seja verdade. A instituição soma hoje mais dois mortos, num total de 17 relacionados com o surto de Covid-19.

- Publicidade -

- Publicidade -

O tema foi levantado pela vereadora dos Cidadãos por Alcanena, Maria João Rodolfo, pedindo um ponto de situação sobre a pandemia no concelho e sobre o surto no Lar de Minde. Na última semana a TVI deu conta, citando fonte nas Urgências, que os idosos da instituição chegaram ao hospital com más condições de higiene, sujos, feridos e desidratados.

Fernanda Asseiceira referiu que, após a testagem de dia 2, foram registados 39 recuperados dos cerca de 158 casos positivos contabilizados inicialmente (17 entretanto morreram). “A situação está a evoluir positivamente”, referiu a presidente, uma vez que já não há sintomas. Entretanto não serão realizados mais testes, uma vez que a capacidade de contágio terá diminuído, explicou, face ao tempo que já passou desde o início do surto.

- Publicidade -

A presidente admitiu que a instituição viveu momentos de aperto, nomeadamente em termos de recursos humanos, dado que às funcionárias de baixa se juntaram as infetadas com SARS CoV-2. No entanto, explicaria de seguida, nem os bombeiros nem o Centro de Bem Estar Social confirmam as notícias de negligência com os idosos, não havendo evidências de situações “de tal forma gravosas como aquelas que o próprio jornalista referiu”.

A denúncia terá partido de fonte hospitalar. Fernanda Asseiceira adiantou que, segundo informação obtida numa reunião com o CHMT na última semana, se decidira avançar com um processo de inquérito para averiguar a situação.

- Publicidade -

Sobre a pandemia no concelho, que contabilizou no domingo mais oito casos de infeção, a presidente explicou que não estão relacionados com o Lar de Minde. Os casos positivos resultam em grande medida de contactos trazidos de outros concelhos devido à situação laboral dos infetados, adiantou, ou até de deslocações ao hospital.

O mediotejo.net pediu ao CHMT na última semana uma confirmação da notícia avançada pela TVI, não tendo até ao momento recebido resposta da instituição hospitalar.

Alcanena tem ao dia de hoje um total de 343 casos de doenças confirmadas, desde o início da pandemia, dos quais 179 pessoas estão dadas como recuperadas. Há 20 óbitos confirmados relacionados com a pandemia.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome