Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Novembro 27, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Alcanena celebra ao longo deste mês de maio 107 anos de elevação a concelho

O município de Alcanena celebra neste mês de maio os seus 107 anos, com um extenso programa de eventos e atividades. O ponto alto é o concerto de Mariza este sábado, dia 8 de maio, dia do concelho. As atividades decorrem desde o dia 1 e prolongam-se até ao dia 31 de maio. Este sábado, além da sessão solene, decorrerá uma homenagem ao Serviço Nacional de Saúde, na pessoa do secretário de Estado, Lacerda Sales.

- Publicidade -

No dia 1, o programa arrancou com a homenagem ao trabalhador, seguindo-se a inauguração da VI edição da ALC’ARTE – Mostra Anual de Artistas Plásticos do Concelho de Alcanena, na Biblioteca Municipal Dr. Carlos Nunes Ferreira.

No dia 3 de maio, também na biblioteca, decorreu o evento “Venha Conhecer o Fundo Local do Concelho de Alcanena”, e no dia 5, no Cine-teatro São Pedro, teve lugar a sessão escolar “Quanto Tempo Somos”, de Estórias com Asas. Na sexta-feira, dia 7, pelas 11h00, a biblioteca recebe “Dá-me Poesia: Dar Voz aos Nossos Poetas”.

- Publicidade -

O dia 8 tem um programa oficial das celebrações dos 107 anos, com cartaz próprio, que inclui sessão solene e a fadista Mariza a atuar na praça 8 de Maio.

No dia 22, pelas 16h00, decorre o lançamento do livro “Alcanena da Serra ao Rio”, de Zulmira Bento, no Cine-teatro. A 23, a Casa do Povo do Espinheiro recebe o lançamento do livro “Rio dos Cantos”, de João Vitalino.

O Cine-teatro recebe a 28 o espetáculo “Viva Quem Canta! – Homenagem a Pedro Barroso”, pelas 21h00. Dia 29, pelas 15h00, há “Encontro de Poesia e Cultura” na biblioteca e às 21h30 o concerto de Marta Menezes no Cine-teatro.

A fechar, dia 31, sem horário, decorre o Fórum dos Recursos Sociais e o Dia Nacional das Coletividades, assinalado com o Lançamento da Plataforma do Associativismo.

No distrito de Santarém, a mais antiga instalação fabril data do reinado de D. José I, em Alcanena, uma unidade de produção de sola. Como concelho foi criado em 1914, conquistando terrenos aos vizinhos Torres Novas e Santarém.

Segundo os Censos 2011, o município contava à data com 13.868 habitantes.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome