Alcanena | Câmara aprova orçamento de 18 milhões de euros

Câmara de Alcanena em reunião. Foto: mediotejo.net

Os documentos previsionais e mapa de pessoal para 2020 da Câmara de Alcanena foram aprovados com cinco votos a favor dos eleitos do PS e dois votos contra da oposição (Cidadãos por Alcanena).

PUB

Na reunião do dia 28, coube à presidente da Câmara, Fernanda Asseiceira (PS), apresentar as linhas mestras do plano e orçamento no valor na ordem dos 18 milhões e 300 mil euros.

Algumas das obras previstas já estão em curso prevendo-se a sua conclusão para o 1° trimestre de 2020 como é o caso do Centro Escolar e Mercado Municipal.

PUB

A presidente destacou ainda obras de saneamento básico em várias freguesias, requalificação da rede viária, ligação Alcanena – freguesia de Bugalhos, adutora de Monsanto, investimentos na iluminação pública, requalificação do estádio municipal, ampliação do cemitério de Alcanena, requalificação do mercado de Minde e das Moitas (este por parte da Junta com apoio da Câmara) e centro escolar de Minde.

Referiu ainda a estratégica local para o setor da habitação, apontando alguns terrenos disponíveis e reconhecendo haver carência de oferta de habitação. A requalificação da Fábrica da Cultura em Minde a ser destinada ao associativismo é também uma das propostas da Câmara para 2020.

PUB

Em fase de projeto está a requalificação do parque de estacionamento da praia fluvial, cujo estudo prévio foi aprovado na mesma reunião.

Para 2020, a presidente da Câmara define como “grande desafio” o processo de transferência de competências.

Os dois eleitos da oposição criticaram as opções e estratégias da atual maioria, falando numa “gestão sem rasgo e sem qualquer perspetiva estratégica de desenvolvimento do concelho”.

Os documentos têm ainda de ser analisados e votados na Assembleia Municipal que deverá reunir na segunda quinzena de novembro.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here