Alcanena | Cabazes chegaram a 71 bebés, 28 crianças e 6 idosos em 2019

Entrega de Cabaz Bebé Feliz em maio de 2019 Foto: CM Alcanena

Em 2019, o município de Alcanena investiu 48.100 euros em cabazes de oferta a recém-nascidos, crianças e idosos do concelho, dentro dos programas “Bebé Feliz”, “Infância Feliz” e “Sénior Feliz”. O projeto de apoio social que mais investimento obteve foi o cabaz para bebés, que atingiu este ano os 35.500 euros euros.

PUB

De recordar que o projeto “Bebé Feliz” destina-se a todas as crianças nascidas no concelho de Alcanena, independentemente do estrato social, constituindo-se tanto como um apoio à natalidade como um mecanismo de despiste de eventuais situações sociais que necessitem de apoio. Neste sentido, os recém-nascidos recebem um cabaz de bens, no valor até 500 euros. A oferta é única.

Tendo-se iniciado em 2016 com um orçamento na casa dos 20 mil euros, rapidamente se percebeu que o montante teria que ser aumentado. Em 2019 atingiu os 35.500 euros, com 71 cabazes distribuídos ao longo do ano a 37 meninos e 34 meninas.

PUB

Segundo o balanço pedido pelo mediotejo.net ao município, em três anos de programa cabaz “Bebé Feliz” foram beneficiados 315 bebés, atingindo-se os 157.500 euros neste apoio.

Em abril de 2019, na senda do projeto com bebés, iniciou-se o cabaz “Infância Feliz”, destinado a famílias com carências económicas graves. Este apoio é facultado trimestralmente ao longo dos três primeiros anos da criança, variando entre 150 euros (escalão B) e 200 euros (escalão A) em bens.

PUB

No ano que terminou foram apoiados 13 rapazes e 15 raparigas, num total de 72 cabazes entregues. O valor total gasto pelo município foi de 11.450 euros.

Desde que teve início o cabaz “Infância Feliz”, a Câmara Municipal apoiou 33 agregados familiares, num total de 18.350 euros, adianta a mesma informação.

Em dezembro último teve início o cabaz “Sénior Feliz”, que até ao momento teve uma entrega única a quatro idosas e dois idosos sem qualquer retaguarda familiar. Este programa também se destina a situações de elevada carência, com apoios trimestrais em bens até 150 euros e 200 euros, consoante escalão A ou B. Foram gastos 1.150 euros.

De recordar que as normas destes cabazes são periodicamente revistas, devendo os munícipes contactar o município de Alcanena para eventuais esclarecimentos.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here