- Publicidade -

Alcanena | Assembleia Municipal dedicada à rede de saneamento e ETAR

Esta quinta-feira, 11 de março, às 20:30, a Assembleia Municipal de Alcanena vai ter uma sessão extraordinária dedicada quase exclusivamente à apresentação e discussão do Plano Estratégico do Sistema de Saneamento de Alcanena (P.E.S.A.). A reunião decorre por videoconferência.

- Publicidade -

Na Ordem de Trabalhos constam apenas dois pontos a discussão: o regulamento dos serviços de abastecimento de água e de saneamento de águas residuais urbanas do concelho de Alcanena e o Plano Estratégico para a Evolução do Sistema de Saneamento de Alcanena: Sistema de Drenagem e Tratamento (ETAR de Alcanena). Esta sessão temática havia sido pedida pelos deputados municipais na última sessão de Assembleia, sugestão aceite pela mesa.

De recordar que em resultado de um estudo da consultora HIDRA, Hidráulica e Ambiente, ao longo de 2020, concluiu-se que o sistema de saneamento de Alcanena precisa de um investimento de cerca de 10 milhões de euros para resolver os problemas de mau cheiro e das fontes de poluição num projeto faseado no tempo.

- Publicidade -

Segundo a HIDRA, o sistema sofre várias infiltrações de águas pluviais e outras e uma parte das unidades industriais do concelho descarrega sulfuretos para o sistema acima dos valores legais. A ETAR é boa, frisou-se na sessão de apresentação que decorreu a 25 de fevereiro, mas simplesmente não aguenta o excesso de afluente indevido.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).