Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Terça-feira, Setembro 21, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Alcanena aprova voto de pesar a bombeiros falecidos no combate aos incêndios

O executivo da Câmara Municipal de Alcanena, reunido a 21 de setembro, aprovou por unanimidade um voto de pesar e de reconhecimento em homenagem aos bombeiros que perderam a vida no combate aos incêndios este ano por todo o país.

- Publicidade -

Um voto também extensível a “restantes elementos vítimas dos incêndios” e às suas famílias, colegas de profissão e corporações de bombeiros, ao qual se seguiu um momento de silêncio.

No momento, a autarquia prestou homenagem a José Augusto Dias Fernandes, dos Bombeiros Voluntários de Miranda do Corvo, falecido a 11 de julho de 2020, no incêndio da Serra da Lousã; André Azinheiro Pedrosa, dos Bombeiros Voluntários de Leiria, falecido a 19 de julho de 2020 no Arrabal, Leiria; Diogo Miguel Alves Dias, dos Bombeiros Voluntários de Proença-A-Nova, falecido a 26 de julho de 2020, em Oleiros; Carlos Manuel Lopes Carvalho, dos Bombeiros Voluntários de Cuba, falecido a 30 de julho de 2020, em Castro Verde; Jorge Jardim, Comandante de aeronave do Centro de Meios Aéreos de Castelo Branco, falecido a 8 de agosto de 2020, no Gerês; Pedro Daniel Ferreira, dos Bombeiros Voluntários de Oliveira de Frades, falecido a 07 de setembro de 2020, em Antela, Oliveira Frades.

- Publicidade -

A autarquia de Alcanena defende que o “esforço dos operacionais e bombeiros envolvidos, assim como das próprias comunidades que corajosamente se organizam sobre as frentes de incêndio na defesa das suas casas, não pode nunca deixar de ser reconhecido” e destaca os valores passados por estes profissionais de solidariedade e altruísmo “devendo ser reconhecido esse espírito de dedicação diário”.

A Câmara Municipal de Alcanena deixou ainda votos de “rápida recuperação” aos bombeiros feridos no âmbito do combate aos incêndios.

O voto de pesar e de reconhecimento aprovado pelo executivo municipal vai ser enviado às Associações Humanitárias dos Bombeiros Voluntários de Miranda do Corvo, Leiria, Proença-a-Nova, Cuba, Oliveira de Frades e também ao Centro de Meios Aéreos de Castelo Branco.

Abrantina mas orgulhosa da sua costela maçaense, rumou a Lisboa com o objetivo de se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome