Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Julho 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Águas do Ribatejo inaugura sábado investimentos de 5ME em três concelhos

A empresa intermunicipal Águas do Ribatejo inaugura no sábado investimentos no valor de 5 milhões de euros nos concelhos de Almeirim, Salvaterra de Magos e Coruche para melhorar o abastecimento de água a mais de 50.000 pessoas.

- Publicidade -

Francisco Oliveira, presidente do conselho de administração da Águas do Ribatejo, disse à Lusa que as estações de tratamento de água (ETA) que vão ser inauguradas no sábado na presença do secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, já estão em funcionamento e têm por finalidade retirar alguns metais da água, como o arsénio, e fazer a desinfeção e a correção do PH através de “modernos sistemas de filtragem e introdução do cloro na água”.

A Águas do Ribatejo construiu também novas captações e novos reservatórios “na maioria das freguesias para assegurar reservas por um período de 48 horas”, estando os novos sistemas “equipados com telegestão que permite detetar anomalias de funcionamento ou excessos de consumo em tempo real, reduzindo os tempos de interrupção no abastecimento de água às populações”, disse.

- Publicidade -

O investimento contou com financiamento do Programa Operacional de Valorização Temática (POVT) e de capitais próprios da Águas do Ribatejo.

Segundo dados facultados à Lusa, a empresa integra, desde 2009, sete municípios do distrito de Santarém, investiu um total de 18,1 milhões de euros em infraestruturas para abastecimento de água só nestes três concelhos.

Francisco Oliveira adiantou que vai aproveitar a presença do secretário de Estado do Ambiente para apresentar o modelo de gestão de uma empresa constituída exclusivamente com capitais dos municípios e que assegura os serviços em alta e em baixa (desde a captação até ao abastecimento junto dos consumidores) como exemplo dos princípios defendidos por Carlos Martins.

A Águas do Ribatejo tem como únicos acionistas os sete municípios que a integram e o capital social resulta das infraestruturas, equipamento e bens que foram transferidos para a empresa municipal, não havendo injeção de capital nem os municípios recebem dividendos, realçou.

Em sete anos de exercício, a empresa apresentou resultados positivos, dinheiro aplicado em investimento e no “alargamento do tarifário social a mais famílias carenciadas por força da conjuntura vivida”.

Recorrendo aos fundos de coesão da União Europeia e a empréstimos junto da banca, a Águas do Ribatejo investiu até ao momento um total de 40 milhões de euros na melhoria dos sistemas de abastecimento de água e 70 milhões nos de saneamento nos sete concelhos abrangidos.

Francisco Oliveira, que preside igualmente à Câmara Municipal de Coruche, salientou que este investimento permitiu que a empresa tenha atualmente níveis de cumprimento de “quase 100%” na qualidade da água para consumo e de 99,6% para a que é lançada nas linhas de água após tratamento.

A empresa presta serviço de abastecimento de água e tratamento de águas residuais a 150.000 munícipes nos concelhos de Almeirim, Alpiarça, Benavente, Chamusca, Coruche, Salvaterra de Magos e Torres Novas, numa área superior a 3.200 quilómetros quadrados.

 

Agência de Notícias de Portugal

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here