Quinta-feira, Março 4, 2021
- Publicidade -

Academia de Músicos de Abrantes rende “Tributo” a Paulo de Carvalho

O projeto “Musica do Nosso Tempo” continua em itinerância com a atuação da Academia Músicos de Abrantes (AMA), este sábado, dia 27 de agosto, às 21:30, no Parque Urbano de S. Lourenço, no âmbito do programa das tradicionais festas de S. Lourenço e, no domingo, dia 28 de agosto, às 18:00,na Escola do Ensino Básico de Mouriscas.

O projeto nasceu no âmbito das comemorações do centenário da cidade de Abrantes, tendo os músicos abrantinos Humberto Felício, como comissário e mentor, e José Miguel Vitória Rodrigues, enquanto diretor artístico, sendo constituído por uma orquestra de sopros, de percussão e uma secção de cordas, integrando músicos oriundos das bandas filarmónicas do concelho e do ensino integrado.
- Publicidade -

O repertório é alicerçado no legado musical do centenário da cidade e inclui estilos musicais diversificados a partir de temas de compositores/ arranjadores e autores consagrados, designadamente: Guilherme Silva; José Rodrigues; Lino Guerreiro; António Variações; Paulo de Carvalho e Carlos do Carmo.

O repertório do AMA conduz-nos ainda por memórias musicais de outros tempos, como o Festival da Canção Jovem de Abrantes, organizado pelo Clube Náutico de Abrantes na década de 80, ou o tema “Abrantes”, de Jorginho Portugal, de 1985.

- Publicidade -

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).