Abrantes/Presidenciais: Lacão (PS) entra na campanha de Nóvoa e ataca “herança” de Marcelo como líder do PSD

O deputado e antigo ministro do PS Jorge Lacão interveio hoje num almoço-comício da campanha presidencial de António Sampaio da Nóvoa e atacou a “herança” de Marcelo Rebelo de Sousa, também candidato a Belém, como líder do PSD.

PUB

Lacão, que falava em Abrantes, começou por abordar a revisão constitucional de 1997, com Marcelo na liderança do PSD e o socialista na liderança do grupo parlamentar do partido.

Marcelo, acusou Lacão, propôs-se na altura a “fazer a revisão constitucional em 15 dias na sala de um hotel de Lisboa”, recorrendo a um “pequeno comité do PSD e um possível pequeno comité do PS”.

PUB

“O objetivo era utilizar uma revisão constitucional como moeda de troca para [Marcelo] se garantir como líder de oposição oferecendo em contrapartida a viabilização do Orçamento do Estado”, assinalou o deputado e vice-presidente da Assembleia da República Jorge Lacão.

Depois, o socialista elogiou o candidato Sampaio da Nóvoa e o que disse ser a “noção exata” que o antigo reitor tem do papel do Presidente da República no sistema político português e do “espírito de missão” necessário “para o cumprimento dessa exigência”.

PUB

“Quando alguém, líder de um grande partido, assume a Constituição do país como moeda de troca possível” para objetivos pessoais e políticos, insistiu Lacão, não há “confiança bastante” nessa pessoa.

As críticas a Marcelo prosseguiram com o parlamentar socialista a acusar o candidato recomendado por PSD e CDS-PP de ter desperdiçado a oportunidade de aproximar o interior e o litoral nas oportunidades de desenvolvimento e ter “atrasado em uma década a possibilidade de restaurar a dignidade das mulheres” com a despenalização da interrupção voluntária da gravidez.

“A simpatia ao longo do dia não é a mensagem bastante para poder eleger um Presidente da República à altura das suas grandes responsabilidades”, concretizou Lacão.

Para além do socialista, e antes das palavras de Sampaio da Nóvoa, falaram também no evento de Abrantes o diretor distrital da campanha, o deputado do PS Hugo Costa, o mandatário distrital da candidatura, o coronel António Manuel Garcia Correia, e a presidente da Câmara de Abrantes e mandatária para a causa das cidades e desenvolvimento territorial, Maria do Céu Albuquerque.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here