Quinta-feira, Fevereiro 25, 2021
- Publicidade -

Abrantes/Incêndios | Casa que ardeu em Carvalhal foi requalificada e devolvida

O secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, esteve na tarde de sexta-feira na freguesia do Carvalhal para participar na entrega das chaves de uma casa de primeira habitação parcialmente atingida pelo incêndio ocorrido em 23 de agosto de 2016.

- Publicidade -

Em nota de imprensa, a autarquia de Abrantes lembra que “foram de imediato efetuadas diligências pela Câmara Municipal de Abrantes, em articulação com a Segurança Social, para se proceder às obras necessárias. No entanto, a Caritas Diocesana de Portalegre manifestado de imediato disponibilidade para apoiar a sua reconstrução”.

Ainda nesse dia foi realizada uma avaliação das condições de segurança da habitação atingida pelo fogo e acionado os Serviços Municipalizados de Abrantes (SMAS) que em colaboração com CMA estiveram envolvidos na limpeza do lixo e entulho, 4 funcionários dos SMAS e uma carrinha de transporte de pessoal e dois funcionários e um camião com grua da CMA.

- Publicidade -

Na mesma nota, a CMA agradece o empenho e a disponibilidade da Caritas Diocesana de Portalegre.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).