Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Julho 29, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes/Hipismo | Hugo Carvalho vence concurso nacional de saltos (C/AUDIO/FOTOS)

O cavaleiro Hugo Carvalho, montando “Volgann du Guejoubert”, venceu o Concurso Nacional de Saltos – Grande Prémio Cidade de Abrantes, evento que terminou no domingo, no Hipódromo dos Mourões, em Rossio ao Sul do Tejo. E fê-lo em dose dupla. Arrecadou ainda o segundo prémio com uma segunda montada, “Tsar Audouville”.

- Publicidade -

Com percursos limpos nas duas mãos e com o cronómetro a dar-lhe os melhores tempos relegou a concorrência para os lugares secundários. O lugar mais baixo do pódio ficou para João Maria Marquilhas com “ Blue Love True” secundado por Filipe Paixão, montando “Borys” e Miguel Santana Lopes em “Come On Joerg”.

A grande festa nacional de cavaleiros de obstáculos, organizada pela Alubox, com o apoio da Câmara Municipal, regressou, assim, ao Hipódromo dos Mourões, em Rossio ao Sul do Tejo, decorrendo desde sexta-feira até domingo, dia 11 de junho.

- Publicidade -

Apresentaram-se a concurso mais de uma centena de conjuntos de todos os pontos do país, incluindo do concelho de Abrantes. Os percursos estiveram a cargo do chefe de pista internacional português, Bernardo Costa Cabral, com as provas a irem de 1,00m até 1,35m (Grande Prémio). Realizaram-se também provas de iniciados e de cavalos novos de 4, 5 e 6 anos.

Após a entrega dos prémios falamos com Vereador do Desporto da Câmara Municipal de Abrantes, Luís Dias, que nos deu conta do sucesso da prova e da importância da mesma para a região.

Fique com algumas imagens do concurso nacional de saltos de Abrantes:

Nasceu a 30 de Janeiro de 1961 em Lisboa e cresceu no Alentejo, em Santiago do Cacém. Dali partiu em 1980 para ingressar no Exército e no Curso de Enfermagem. Foi colocado em Santa Margarida e por aqui fez carreira acabando por fixar-se no Tramagal em 2000. A sua primeira ligação à Vila "metalúrgica" surge em 1988 como Enfermeiro do TSU. Munido da sua primeira câmera digital, em 2009 e com a passagem à situação de reserva, começou a registar a fauna do Vale do Tejo, a natureza e o património edificado da região, as ruas, as pessoas... Com colaborações regulares em jornais da região e nacionais este autodidata acaba por conseguir o reconhecimento público, materializado em alguns prémios. Foi galardoado na 8ª Gala de Cultura e Desporto de Tramagal na categoria de Artes Plásticas (Fotografia) em 2013.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome