- Publicidade -

Terça-feira, Dezembro 7, 2021
- Publicidade -

Abrantes | Workshop e Clube Desportivo ‘Os Patos’ distinguidos com Bandeira de Ética (C/ÁUDIO)

O Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) entregou no dia 22 de outubro a Bandeira de Ética ao Clube Desportivo “Os Patos”, de Rossio ao Sul do Tejo, e a Certificação da Bandeira da Ética ao Workshop ‘Formar o Atleta do Futuro’, organizado pela Câmara de Abrantes. O município assumiu ainda neste dia o compromisso de adesão ao Cartão Branco.

- Publicidade -

A cerimónia de entrega da Bandeira de Ética ao Clube Desportivo “Os Patos” decorreu na sede do clube, em Rossio ao Sul do Tejo, antes do 18º workshop ‘Preparar o Atleta do Futuro’, pelas mãos da Diretora da Direção Regional de Lisboa e Vale do Tejo do IPDJ, Eduarda Marques, do Coordenador do Plano Nacional de Ética no Desporto (PNED), José Lima, e ainda de Paulo Guerra, ex-atleta olímpico e Embaixador da Ética Desportiva, num momento que contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Abrantes, e de outros autarcas, assim como do presidente da Direção de “Os Patos”, Hélder Rodrigues.

Esta distinção, entregue através do Plano Nacional de Ética no Desporto, certifica que o C. D. “Os Patos” tem promovido os valores desportivos, sociais e éticos que permitem aos atletas e todos os agentes desportivos envolvidos a prática da atividade física com condições de excelência, em vários parâmetros. A Academia do Estudo, que faz o acompanhamento dos atletas de forma a também garantir o seu bem-estar social, é um dos projetos que desenvolve atualmente, sendo “Os Patos” o primeiro clube de Abrantes a receber a Bandeira de Ética.

- Publicidade -

Cerimónia de assinatura da adesão ao Cartão Branco do IPDJ pelo Município de Abrantes. Foto: mediotejo.net

“É um orgulho ter um clube do Concelho com este reconhecimento ao nível do Plano Nacional de Ética que mostra também que há muito trabalho a fazer para além da parte desportiva e que o desporto tem um papel muito relevante ao nível da formação humana dos atletas”, salientou, na ocasião, Manuel Jorge Valamatos. O presidente da Câmara esteve ainda à noite no Estádio Municipal de Abrantes na entrega da Certificação da Bandeira da Ética relativa ao Workshop ‘Preparar o Atleta do Futuro’, que decorre desde 2011 em Abrantes, e na assinatura da adesão ao Cartão Branco pelo Município.

Manuel Jorge Valamatos, presidente CM Abrantes. Foto: mediotejo.net

O Cartão Branco é um recurso pedagógico que visa enaltecer condutas eticamente corretas, praticadas por atletas, treinadores, dirigentes, público e outros agentes desportivos, e ao qual aderem entidades interessadas em promover valores e ética no âmbito da prática desportiva.

ÁUDIO | MANUEL JORGE VALAMATOS, PRESIDENTE CM ABRANTES:

O Workshop ‘Preparar o Atleta do Futuro’, ciclo bianual de formações, conta com o apoio do IPDJ e começou em 2011 em Abrantes, tendo por objetivo a qualificação contínua dos diferentes agentes desportivos, aquilatando os interesses, motivações e expectativas desportivas da população, tendo sido certificado este ano pela Bandeira da Ética no âmbito do Plano Nacional de Ética no Desporto (PNED) num momento que contou com a presença de José Lima, coordenador do Plano Nacional de Ética no Desporto (PNED).

José Lima, coordenador do Plano Nacional de Ética no Desporto (PNED). Foto: mediotejo.net

ÁUDIO | JOSÉ LIMA, COORDENADOR PLANO NACIONAL DE ÉTICA NO DESPORTO:

Ainda antes do início do workshop, que contou com a presença de Pedro Roque (COI), Hugo Leal (Formação do Estoril Praia) e de Paulo Guerra, especialista em corta-mato e embaixador da Bandeira de Ética, a Diretora da Direção Regional de Lisboa e Vale do Tejo do IPDJ, Eduarda Marques, procedeu à assinatura da adesão ao Cartão Branco pelo Município de Abrantes, num compromisso assinado também pelo presidente da autarquia.

Eduarda Marques, Diretora da Direção Regional de Lisboa e Vale do Tejo do IPDJ. Foto: mediotejo.net

ÁUDIO | EDUARDA MARQUES, DIRETORA REGIONAL LVT DO IPDJ:

O workshop ‘Preparar o Atleta do Futuro’ teve casa durante a noite de sexta-feira, 22 de outubro, tendo contado nesta sessão com os testemunhos de Pedro Roque, Diretor Técnico do Comité Olímpico de Portugal, que dissertou sobre o tema “Planeamento a Longo Prazo”, de Hugo Leal, Vice-Presidente do GD Estoril Praia para o Futebol de Formação, Desenvolvimento Internacional e Inovação, que falou do projeto de integração e formação “Aqui não és mais um”, e de Paulo Guerra, quatro vezes campeão europeu de corta mato e medalha de bronze num Mundial.  Foi 30 vezes internacional e o melhor especialista nacional de corta-mato, só comparável a Carlos Lopes e aos melhores do mundo, tendo mesmo sido apelidado de “queniano branco”.

O Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) entregou no dia 22 de outubro a Certificação da Bandeira da Ética ao Workshop ‘Formar o Atleta do Futuro’, organizado pela Câmara de Abrantes. Foto: mediotejo.net

No final, o vereador com o pelouro do Desporto na Câmara Municipal, Luís Dias, não escondeu a satisfação pelos vários momentos assinalados em Abrantes, tendo ainda destacado a qualidade da experiência de vida desportiva e de exemplos de ética, desportivismo e fairplay partilhados pelos preletores.

ÁUDIO | LUIS DIAS, VEREADOR DESPORTO CM ABRANTES:

Desde 2011 que a Câmara Municipal de Abrantes, através do Setor de Desporto, tem convidado para o Worhshop ‘Preparar o Atleta do Futuro’ preletores das mais diversas modalidades, coordenadores técnicos, dirigentes federativos, treinadores, selecionadores, atletas, ex-atletas, campeões olímpicos e campeões nacionais, numa ação de formação que se dirige aos treinadores e dirigentes dos clubes e Associações que desenvolvem atividades desportivas no concelho e a todos os interessados no fenómeno desportivo.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome