Abrantes | WC em frente ao cemitério de Vale de Zebrinho causa polémica

Cemitério de Vale de Zebrinho. Créditos: José Rafael Nascimento

Três anos depois encontra-se em construção uma proposta vencedora do Orçamento Participativo de 2017 de Abrantes: uma casa-de-banho no cemitério de Vale de Zebrinho. Mas a obra está a causar alguma polémica, visível nas redes sociais, devido ao local escolhido pela Câmara Municipal para a instalação do W.C.. O assunto foi levado à última reunião de executivo pelo vereador do Bloco de Esquerda com o presidente Manuel Jorge Vlamatos (PS) a explicar ser aquele o único local possível, devido à fossa séptica, lembrando que Vale de Zebrinho não tem rede de esgotos.

PUB

“Fui alertado nas redes sociais pela situação” e deslocou-se ao local onde está a ser construída uma casa-de-banho a um metro da entrada principal do cemitério de Vale de Zebrinho, começou por dizer Armindo Silveira. “Uma má escolha!”, afirmou o vereador eleito pelo Bloco de Esquerda considerando “a nível estético” uma escolha “incompreensível”.

Na última reunião de Câmara Municipal de Abrantes, na terça-feira, 4 de agosto, o vereador questionou o executivo socialista sobre a escolha do local “havendo terreno público em frente ao cemitério e até possivelmente ter sido feito um projeto de requalificação e ter encontrado uma outra forma para o W.C.”, disse, propondo a suspensão das obras no sentido de “ser estudada outra forma”.

PUB
Cemitério de Vale de Zebrinho. Créditos: José Rafael Nascimento

Em resposta, o presidente da Câmara desvalorizou a questão “estética” destacando a importância da obra por “dar resposta e continuidade aos projetos do Orçamento Participativo” municipal e também por dar uma resposta inexistente “em sítios essenciais”, quer no cemitério de Vale de Zebrinho, quer no cemitério de São Facundo.

“Faz todo o sentido que estas duas estruturas tenham casas-de-banho de apoio à atividade do próprio cemitério e fundamentalmente porque estão muito distantes dos aglomerados urbanos. Se ficam do lado direito ou do lado esquerdo é uma questão estética”, defendeu.

PUB

No entanto, o presidente justifica a escolha daquele local em Vale de Zebrinho como sendo “a única alternativa” devido à necessidade de colocação de uma fossa séptica lembrando que Vale de Zebrinho não tem rede de esgotos.

“A posição da fossa séptica e sobretudo a limpeza” da mesma “obrigava a escolher um sítio de frente para o cemitério, ou do lado direito ou do lado de esquerdo. Do ponto de vista funcional não nos parece que o edifício em construção possa ter algum problema. É uma decisão técnica! E a nossa decisão é construir as casas-de-banho. Do ponto de vista técnico, da avaliação, quer do vereador João Gomes, quer dos técnicos [da Câmara Municipal] é a melhor solução”.

Cemitério de Vale de Zebrinho. Créditos: José Rafael Nascimento

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

2 COMENTÁRIOS

  1. Será que vai ter papel higiénico, sabonete liquido e papel ou secador para as mãos em permanência ano após ano? Que não faltam por esse país fora são WC’s onde por vezes nem torneiras com água têm!

  2. Será que a câmara não tem arquitectos?
    Porque é que quando se constrói uma casa, ela tem de ter um enquadramento urbanístico e aqui não?
    Se as condições técnicas obrigam a este local, então o enquadramento deve ser feito por um arquitecto. Se não os ha na câmara, sub contratem.. chamam se concursos públicos e desde 2017 houve tempo para o fazer.. isso pelo preço baixo ia por adjudicação direta pra um amigo qualquer.. mas ficava bem feito..
    um abraço.

    Ps: gosto de si Sr Presidente, mas hoje perdeu um ponto na minha consideração e de muitos munícipes.. ficou um travo a Maria do Céu com essa intransigência e inflexibilidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here