Abrantes | União Desportiva Rossiense celebra 74 anos com comemoração simbólica

A União Desportiva Rossiense celebrou recentemente 74 anos. Foi fundada a 01 de agosto de 1946. “São 74 anos cheios de história e de estórias, marcados por muitas coisas positivas e negativas. Felizmente, na nossa opinião, bastante mais positivas do que negativas”, diz o presidente Renato Sousa Antunes.

Para uma cerimónia simbólica e reduzida, como ditam os constrangimentos vigentes devido à pandemia de covid-19, a UDR recebeu o presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Manuel Jorge Valamatos – que tem uma grande ligação histórica ao clube – o vereador do Desporto, Luís Dias, e o presidente da União de Freguesias de Rossio ao Sul do Tejo e São Miguel do Rio Torto, Luís Alves.

No seio desta comemoração simbólica, “tivemos oportunidade de apresentar a nossa renovada sala de troféus, bem como de discutir projectos e iniciativas futuras para os quais contamos com o seu apoio”, referiu igualmente Renato Antunes em nota de imprensa.

PUB

Comemoração dos 74 anos da UDR. Créditos: UDR

“Celebramos este 74º aniversário num ano completamente atípico, em que vimos todas as nossas actividades suspensas de forma abrupta devido a uma pandemia global (quase) inédita – desde o futebol (de formação e sénior), ao hóquei em patins, passando pelo Grupo de Cantares “Brisa do Tejo” e pela área de eventos e conferências”, notou.

Um ano que estava a ser marcado “pela aposta reforçada nos projectos tradicionais da UDR, como o futebol ou o hóquei em patins, e por uma aposta estratégica na diversificação de áreas de actuação e actividades, como o I Ciclo de Conferências UDR – que teve de ser adiado, mas será uma aposta para ficar e exponenciar. No seio desse ciclo, estava confirmado um painel de excepção, como o Rossio e Abrantes poucas vezes terão visto, para partilhar com toda a comunidade a importância cada vez mais central de um tema tão actual como o branding estratégico”, pode ler-se na mesma nota, falando da “necessidade de dar respostas cada vez mais diferenciadas, modernas e fora da caixa às necessidades explícitas e implícitas dessas mesmas comunidades”.

Considera este aniversário “uma oportunidade de ouro para olhar para trás, para um passado que conheceu várias etapas gloriosas. Desde as mais conhecidas e badaladas jornadas épicas do hóquei em patins rossiense, aos resultados de excepção da antiga secção de pesca em competições e provas nacionais e internacionais, passando por projectos únicos como o motoclube e tantas outras iniciativas incríveis com que a UDR se tem sabido sempre reinventar” ao longo destes 74 anos.

Comemoração dos 74 anos da UDR. Créditos: UDR

Segundo Renato Antunes, além de reformular a concepção estratégica da organização, “temos posto ênfase na obra que queremos deixar feita. Deixa-nos muito orgulhosos o facto de termos conseguido instalar, finalmente, um bar de apoio aos jogos no campo do Rossio; termos criado e reforçado eventos e iniciativas absolutamente marcantes no nosso Rossio (quem não se recorda do sucesso do aniversário de há 1 ano, ou do I Festival de Sopas do Rossio ao Sul do Tejo em parceria com o nosso Grupo de Cantares?); termos renovado material fundamental nas várias secções (hóquei em patins incluído); termos captado o interesse de pessoas e empresas que olham hoje para a UDR como um projecto de futuro para a freguesia e o município; entre outros marcos importantes que temos tido a sorte e o engenho de conseguir efectivar”, lê-se na mesma nota.

Um marco que querem deixar à família da UDR e a todos os rossienses passa pela “celebração do nosso 75º aniversário daqui a um ano. Será um evento múltiplo e composto por várias actividades, como o nosso Rossio nunca viu. Evento esse que está já a ser montado e do qual gostaria de revelar, em primeira mão e em jeito de teaser, um dos detalhes que o comporão: o lançamento d’𝑶 𝑳𝒊𝒗𝒓𝒐 𝒅𝒂 𝑼𝑫𝑹. Tudo faremos para que seja uma publicação de excelência, com enfoque histórico e cultural, que enfatize o nosso passado glorioso e nos dê inspiração e aponte o caminho para um futuro dinâmico e repleto de sucesso”.

Comemoração dos 74 anos da UDR. Créditos: UDR

PUB
Paula Mourato
A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).