Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Sábado, Novembro 27, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Abrantes | Três novos projetos empresariais apoiados pelo ‘+ Comércio no Centro’

O Executivo Municipal de Abrantes aprovou três candidaturas ao Programa de Apoio à Instalação de Empresas nos Centros Históricos de Abrantes, Alferrarede e Rossio ao Sul do Tejo, ‘+ Comércio no Centro’, no valor total de 7.500 euros.

- Publicidade -

Uma agência criativa, um supermercado de bairro e uma ótica são os projetos agora apoiados: “ARA – Agência Criativa”, sendo o montante total do apoio a atribuir por parte do Município, durante 12 meses, de 1.500,00 €, correspondendo a um apoio mensal de 125,00 €. Com gerência de Rita Pedro Amaro e Ana Ricardo Pereira, é uma agência que trabalha em soluções de criatividade, design, comunicação e marketing. Está instalada na área de reabilitação urbana de Abrantes, na Rua Luís de Camões e tem 2 postos de trabalho associados.

Empresa Frederico Miranda, Unipessoal, Lda., relativamente ao estabelecimento designado por “Meu Super Abrantes”, sendo o montante total do apoio, durante 12 meses, de 3.000,00 €, correspondendo a um apoio mensal de 250,00 €. O novo supermercado de proximidade abriu no dia 9 de abril na Avenida 25 de Abril, próximo da Tapada do Chafariz. O negócio gerou 3 postos de trabalho diretos e incluiu um estágio oriundo do curso de Técnico de Vendas, da Escola Secundária Dr. Solano de Abreu.

- Publicidade -

“Opticália Abrantes”, sendo o montante total do apoio a atribuir por parte do Município, durante 12 meses, de 3.000,00 €, o que corresponde a um apoio mensal de 250,00 €. Com gerência de Célia Almeida, a Opticalia Abrantes abriu as portas no dia 27 de fevereiro, na Rua do Montepio, nº 1. Para além da gerente e técnica de ótica, o mapa de trabalhadores inclui mais 2 colaboradores. Disponibiliza também consultas de optometria.

O Programa de Apoio e Incentivo à Instalação de Empresas nos Centros Históricos existe desde 2014. Até agora foram aprovados apoios ao arrendamento a 38 estabelecimentos no Centro Histórico de Abrantes, num total de investimento municipal de 70.859,92€, correspondendo a 54 postos de trabalho criados e a uma taxa de sobrevivência superior a 68%.

O regulamento foi recentemente alvo de uma revisão, alargando-o às áreas de reabilitação urbana de Alferrarede e do Rossio ao Sul do Tejo, passando a ser possível apoiar qualquer tipo de negócio desde que em consonância com a nova listagem de mais 100 atividades.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome