- Publicidade -

Abrantes | Trabalho da União de Freguesias no Jardim do Castelo considerado “exemplar” (c/fotos)

A Assembleia Municipal de Abrantes deu luz verde ao Executivo Municipal para renovar um contrato interadministrativo para delegação de competências e transferência de 25 mil euros para a União de Freguesias de Abrantes (S. João e S. Vicente) e Alferrarede, para conservação, manutenção e limpeza do Jardim do Castelo e do Aquapolis Norte. O trabalho desenvolvido desde 2019 foi mesmo referido como exemplar em termos de contratos interadministrativos.

- Publicidade -

O Presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Manuel Jorge Valamatos (PS) disse que este acordo é um bom exemplo dos Contratos Interadministrativos que são celebrados pela Câmara com as juntas de freguesia e diz que hoje o jardim do castelo volta a ser um espaço de referência e de procura pela comunidade.

“A União de Freguesias está a fazer um trabalho excelente, tem ajudado a devolver o jardim do castelo [à comunidade] e aquele jardim é de facto muito bonito e hoje está outro” disse o autarca, tendo destacado as fotografias que vão circulando pelas redes sociais. “É um bom acordo, equilibrado e feito com a confiança” que a Câmara deposita nas freguesias, notou.

- Publicidade -

A proposta inicial partiu em 2019 da União de Freguesias de Abrantes e Alferrarede, quando Bruno Tomás desafiou o presidente da Câmara a “olhar de outra forma” para o jardim do castelo, tendo sido estabelecido então um protocolo de trabalho para o efeito entre as duas entidades.

Bruno Tomás, presidente da União de Freguesias de Abrantes e Alferrarede, lembrou que o trabalho se estende ao Aquapolis Norte, e que o jardim do Castelo é hoje motivo de “orgulho” para os abrantinos e um “ex-libris” da cidade, num trabalho “minucioso, feito com amor e carinho” nos muitos cantos, canteiros, bancos e diversos espaços do jardim da secular fortaleza, sendo que os serviços da Câmara continuarão a assegurar a manutenção dos espaços ajardinados dos dois espaços [jardim do castelo e Aquapolis Norte].

A proposta de transferência do montante de 25 mil euros para conservação, manutenção e limpeza de espaços de circulação, infraestruturas e mobiliário urbano do Jardim do Castelo de Abrantes e do Aquapolis Norte, no âmbito de Contrato Interadministrativo, foi aprovado por unanimidade, a exemplo do que havia sucedido em reunião de executivo.

O Presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Manuel Jorge Valamatos (PS) disse que este acordo é um bom exemplo dos Contratos Interadministrativos que são celebrados pela Câmara com as juntas de freguesia. Foto: UF de Abrantes e Alferrarede

Em 2019, a Câmara havia já delegado competências na União de Freguesias da cidade para este efeito tendo-se verificado um “resultado muito positivo” do trabalho desenvolvido, sendo agora o protocolo renovado. A delegação dessa competência tem a duração de 10 meses – decorre de março a dezembro do corrente ano – e contempla uma comparticipação financeira por parte da Câmara de 25 mil euros.

No âmbito das competências delegadas, a Junta de Freguesia de Abrantes e Alferrarede assumirá os seguintes trabalhos: limpeza do lago do Jardim do Castelo, dos sanitários e caminhos pedonais dos dois espaços; reparação e conservação de portões, bancos, papeleiras e outro mobiliário urbano instalado no espaço; reposição de muros e escadas de acesso aos diferentes talhões do Jardim e outros trabalhos que se revelem necessários à boa utilização dos espaços.

Créditos das fotos: UF de Abrantes e Alferrarede

Na mesma sessão, foi aprovada por unanimidade a autorização da cedência a título definitivo de um quiosque propriedade do Município para a União de Freguesias de S. Facundo e Vale das Mós, situação que mereceu a intervenção do presidente da Junta de Freguesia de Rio de Moinhos para solicitar também algum apoio para o cais da localidade.

Registando o ambiente de “cordialidade” em que decorreu a Assembleia Municipal. Rui André aproveitou para referir que a zona do Cais de Tancos precisa de um quiosque e WC de apoio, dando conta que vai efetuar o respetivo pedido à autarquia por escrito.

Os contratos interadministrativos para 2020, para delegação de competências nas 13 Juntas de Freguesia do concelho de Abrantes, no sentido de executar diversas intervenções nos respetivos territórios, ascendem a 906 mil euros e foram aprovados em dezembro em Assembleia Municipal.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -