- Publicidade -

- Publicidade -

Quarta-feira, Janeiro 19, 2022
- Publicidade -

- Publicidade -

Abrantes | Tagusvalley acolhe Programa de Aceleração Empresarial SPIN+

O Tagusvalley – Parque Tecnológico do Vale do Tejo, em Alferrarede, Abrantes, vai ser um dos polos a acolher o Programa de aceleração empresarial SPIN+, dinamizado pelas 16 Incubadoras da região Centro integradas na rede regional.

- Publicidade -

Este projeto, lançado a 13 de fevereiro na Incubadora de Empresas da Figueira da Foz, pretende ajudar os empreendedores a desenvolverem os seus projetos desde a valorização da ideia até à concretização de negócios. As candidaturas decorrem até dia 10 de março, devendo as inscrições ser feitas através do site do Tagusvalley.

Segundo Homero Cardoso, da equipa do Parque Tecnológico do Vale do Tejo, “procuram-se equipas com ideias inovadoras, tecnológicas ou criativas que pretendam investir algum do seu tempo na procura da validação e preparação do arranque de uma nova empresa baseada nessa mesma ideia”.

- Publicidade -

O SPIN+ terá a duração de seis meses, prevendo-se um total de 14 sessões de trabalho em três polos: IPN – Instituto Pedro Nunes (Coimbra), IEUA (Incubadora de Empresas da Universidade de Aveiro) e o Tagusvalley.

Segundo informação da instituição, as equipas selecionadas terão oportunidade de participar nas sessões de trabalho com “temas e atividades distintas que irão ajudar a desenvolver a sua ideia de negócio”, bem como “possibilidade de financiar total ou parcialmente os seus protótipos e estudos de mercado”.

- Publicidade -

Os empreendedores que tenham qualificação mínima de nível 6, e tenham idade compreendida entre os 23 e os 40 anos, não possuindo outra fonte de rendimento, terão uma bolsa de apoio financeiro durante os 6 meses de execução do programa. Aos dez melhores projetos prevê-se a atribuição do valor de 5000 euros.

Cada equipa será acompanhada por técnicos das incubadoras da rede, mas também por empresários de referência no mercado, que assumem o papel de mentores, por forma a estimular o progresso e aceleração para o mercado.

O SPIN+ foca-se essencialmente no desenho e validação de modelos de negócio, estimulando a criatividade e minimizando o risco de apostas em projetos não sustentáveis. Os empreendedores têm assim oportunidade de testar os seus produtos/serviços junto dos seus potenciais clientes, recebendo o feedback necessário para melhorarem as suas propostas.

Este programa de aceleração de empresas SPIN+ é uma iniciativa da Rede RIERC, integrada no projeto Incubação Centro 2016 – IC | 16, e co-financiado pelo Programa Operacional da Região Centro (CENTRO 2020).

O Tagusvalley – Parque Tecnológico do Vale do Tejo atua no território do Médio Tejo, na região Centro e à escala nacional enquanto membro ativo de redes noutros territórios, cas da RIERC – Rede de Incubadoras de Empresas da Região, através da qual obteve aprovação do projeto INCUBAÇÃO CENTRO 2016 – IC | 16 em parceria com outras 15 incubadoras da região e do Conselho Empresarial do Centro (CEC).

Mais informação em: http://tagusvalley.pt/pt/noticias/spin-aceleracao-empresarial/

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome