Abrantes | Tagus assinala 25 anos com seminário em Tramagal

A Tagus – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior, que está a comemorar 25 anos de existência, leva a efeito um seminário alusivo à data histórica na segunda-feira, dia 26 de novembro, no Casal da Coelheira, em Tramagal, Abrantes.

Para assinalar a data, a Associação irá realizar um seminário de reflexão, pelas 15:00, com o mote TAGUS – 25 anos a crescer com o território. O seminário irá debruçar-se sobre o papel da Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior no território que abrange (Abrantes, Constância e Sardoal) e os benefícios que as metodologias Leader trouxeram para as regiões rurais.

Ao longo da tarde, até às 18h00, serão debatidos vários temas, nomeadamente o futuro do desenvolvimento local. A sessão de abertura estará a cargo da atual presidente da Tagus, Maria do Céu Albuquerque, presidente da autarquia de Abrantes.

PUB

Programa
14h00 Receção dos participantes
15h00 Sessão de abertura
TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior
Dra. Maria do Céu Albuquerque
15h30 O contributo da Abordagem Leader no desenvolvimento dos países da União Europeia e perspetivas futuras
ELARD – Associação Europeia para o Desenvolvimento Rural
Arqª Maria João Botelho
16h00 O impacto do Leader no desenvolvimento dos territórios rurais
Rede Rural Nacional
Engª. Maria Custódia Correia
16h30 A estratégia de desenvolvimento local no contexto dos PO Regionais – o caso do Centro2020
Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro
Dra. Ana Abrunhosa
17h00 O futuro do desenvolvimento local – uma visão
Quaternaire Portugal
Dr. António Figueiredo
17h30 “TAGUS – 25 anos a crescer com o território”
TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior
Dra. Conceição Pereira
18h00 Encerramento
18h30 TAGUS’toso de Honra

PUB
Paula Mourato
A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).