Abrantes | Startup Immersive | Pyx organiza na ESTA “Além da Estratosfera”

O evento “Além da Estratosfera – Creative Thinking” organizado pela startup abrantina Immersive | Pyx decorre no Auditório da Escola Superior de Tecnologia de Abrantes (ESTA) esta segunda-feira, dia 3 de junho, às 14:00.

A iniciativa inicia com uma apresentação da startup Immersive | Pyx, dos seus dois projetos, tour | pyx e rescue | pyx e processos tomados desde o seu início até agora, às 14h00, seguido de um workshop de Creative Thinking com Clara Luxo Correia e Clara Duarte, representantes do Instituto Pedro Nunes (IPN), em Coimbra. Contará no final com um lanche aberto com networking, patrocinado pelo Teatúlia.

O “Além da Estratosfera – Creative Thinking” tem como objetivo cativar os alunos da ESTA e a comunidade abrantina para o empreendedorismo, através de uma conversa acerca do programa Astropreneurs, promovido pelo IPN, um centro de incubação de empresas da Agência Espacial Europeia.

PUB

A Immersive | Pyx é uma startup desenvolvida por Guilherme Assunção e Alexandre Carrança que cria soluções tecnológicas baseadas em Realidade Aumentada com sede no TagusValley – Tecnopolo do Vale do Tejo.

Com os seus dois projetos, o “tour | pyx” e o “rescue | pyx”, ganharam prémios a nível regional e nacional, sendo o último relativo ao projeto “rescue | pyx” que é uma plataforma em realidade aumentada que permite a visualização dos componentes internos de uma viatura em caso de acidente automóvel com recurso a desencarceramento. Ou seja, o prémio “Social ao Centro” do ARRISCA C – Concurso de Ideias e Planos de Negócio, promovido pela Universidade de Coimbra. Neste momento encontra-se no programa Astropreneurs promovido pelo IPN.

O Instituto Pedro Nunes (IPN), criado por iniciativa da Universidade de Coimbra em 1991, é uma instituição privada sem fins lucrativos, que visa promover a inovação e a transferência de tecnologia, estabelecendo a ligação entre o meio científico e tecnológico e o tecido produtivo.

O IPN acolhe, desde finais de 2014, o centro de Incubação da Agência Espacial Europeia (ESA) em Portugal (ESA BIC Portugal). Nesta estrutura, um dos dez atuais centros de incubação da ESA a nível Europeu, são apoiadas startups que usam tecnologia espacial para utilizações industriais e comerciais não espaciais como saúde, energia, transportes, segurança e vida urbana, entre outras.

O evento é aberto a toda a comunidade.

PUB
Paula Mourato
A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).