Abrantes | Soldados recrutas juraram pela Pátria no RAME (c/fotos e vídeo)

Juramento de Bandeira do 8º CFGCPE18 no RAME. Foto: mediotejo.net

Os soldados recrutas do 8º Curso de Formação Geral Comum de Praças do Exército de 2018 juraram pela Pátria perante o Estandarte Nacional esta quinta-feira, dia 20. O momento simbólico teve lugar no RAME – Regimento de Apoio Militar de Emergência durante a primeira cerimónia oficial do novo Comandante desta unidade militar, Coronel Mário Álvares, que foi presidida pelo Comandante da Brigada Mecanizada, Brigadeiro-General Eduardo Mendes Ferrão.

PUB

Quase uma centena de soldados recrutas do 8º Curso de Formação Geral Comum de Praças do Exército de 2018 fizeram o seu Juramento de Bandeira esta quinta-feira no RAME – Regimento de Apoio Militar de Emergência. A cerimónia presidida pelo Brigadeiro-General Eduardo Mendes Ferrão, Comandante da Brigada Mecanizada, sediada no Campo Militar de Santa Margarida (Constância), foi a primeira do novo Comandante do RAME, Coronel de Infantaria Mário Álvares.

Os familiares e amigos das 20 mulheres e 75 homens incorporados no RAME no passado dia 19 de novembro juntaram-se na Parada Chaimite com os convidados da Tribuna de Honra, entre os quais esteve a presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque. A recebê-los estavam as forças em parada sob comando do Segundo Comandante do RAME, Tenente-Coronel de Infantaria António Ferreira.

PUB
Chegada do Brigadeiro-General Eduardo Mendes Ferrão ao RAME. Foto: mediotejo.net

Foi perante os dois pelotões da Companhia de Comando e Serviços do RAME, quatro pelotões da Companhia de Formação do 8º CFGCPE, dois pelotões da Companhia de Formação do 7º CFGCPE e a Banda do Exército que o Comandante da Brigada Mecanizada fez uma breve intervenção no início da cerimónia. O Brigadeiro-General referiu-se ao Juramento de Bandeira como “o ato mais relevante da nossa vida”, assegurando “tudo faremos para que os vossos familiares se sintam bem dentro da nossa instituição que é o Exército”.

A cerimónia continuou até à imposição de condecorações e três militares foram reconhecidos com a Medalha de Comportamento Exemplar. A de grau ouro foi entregue ao Sargento-Chefe de Serviço de Saúde Pedro Fernandes e a de grau cobre ao primeiro-cabo Carlos Brioso e ao soldado Pedro Almeida. Seguiu-se a alocução do Comandante da Companhia de Formação do 8º CFGCPE, Capitão de Infantaria Pedro Marques, na qual se dirigiu aos soldados recrutas.

PUB

Nas suas palavras salientou que a instrução básica militar foi um período no qual este “interiorizaram o significado da palavra camaradagem e interajuda”. O trabalho dos formadores também foi destacado no discurso que terminou com a mensagem: “que este juramento seja a expressão viva da vossa vontade. Tenham brio e honra sempre no uniforme que envergam e a Pátria a que pertencem, sejam sempre dignos de ser soldados de Portugal”.

Momento do Juramento de Bandeira. Vídeo: mediotejo.net

O momento mais ansiado pelos militares do 8º CFGCPE foi precedido pela atribuição do prémio ao soldado recruta que se destacou no curso, Mariana Patrício, com a classificação final de 17,38 valores. Chegou então o ponto alto da cerimónia com a leitura dos deveres militares pelo Sargento-Chefe do Serviço Geral do Exército José Claro, e o compromisso “Juro”, assumido pelos soldados em resposta à voz do Tenente-Coronel de Infantaria António Ferreira.

A imposição de boinas começou com as dos soldados recrutas que se distinguiram ao nível do Mérito Escolar (Mariana Patrício com 19,00 valores), Mérito Pessoal (Vicente Figueira com 14,67 valores) e Desembaraço Físico (Aníbal Kingani com 18,85 valores). O final da cerimónia foi assinalado com o desfile das tropas em parada perante o Estandarte Nacional, a atuação da Banda do Exército e um Porto de Honra.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here