Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Trincanela

Domingo, Julho 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes: Sérgio Bastião, o dj que há 30 anos dá música a várias gerações

Discos, cd´s, pratos, mesas de mistura, noite, convívio, pessoas, bares, discotecas. Tudo isto e muito mais é Sérgio Bastião, disco jockey que assinalou recentemente o 30º aniversário como dj e a importância que teve na noite de Abrantes ao longo de mais de duas décadas, na extinta e saudosa Jet Bee. Regressou a Abrantes para assinalar a data redonda na carreira de dj e com noites ‘Remember’, e volta para atuar esta sexta-feira no Scada Bar, onde, com os velhos vinis e os mais recentes cd’s, vai mostrar como se produz animação para várias gerações. A noite promete ser longa e anuncia uma dupla celebração: A Birthday Party e a noite de halloween.

- Publicidade -

Nas palavras de Sérgio, em declarações ao mediotejo.net, o regresso a estes Remembers deveu-se ao facto do grupo ‘Sou do tempo Discoteca Jet Bee’ através dos seus membros o terem “desafiado a passar música novamente e recriar um pouco o que eram aqueles tempos loucos”.

“Isto não era possível sem a ajuda do meu grande amigo Hugo Correia. Neste momento não sei como estão as  noites de Abrantes. Conheço as do Scada e recomendo. É uma opinião de muita gente que os anos 80 e 90 foram os melhores em termos musicais. É um facto e uma verdade que só concordo em parte. Para mim não existe música velha ou nova. Só existe música boa ou má. Claro que foi uma grande época e daí as pessoas terem saudades delas. Ainda agora na festa do meu 30 aniversário (não era um Remember) passei muita música de 2016 e vou continuar a passar para já e até ao fim do ano no Scada. Depois logo se vê”.

- Publicidade -

Esta faixa etária dos Remembers vê nestas noites o seu DJ mas principalmente sabem que se vão divertir mesmo que no dia a seguir,  como diz um amigo meu, parece qye que foram atropelados por um camião! Mas dos Remembers que fiz havia muita malta nova a dançar coisas mais antigas e pessoal menos novo a dançar coisas novas. É esse o meu trabalho. Neste momento moro em Tomar. Mas Abrantes é a minha cidade de eleição onde passei grande parte da minha vida”.

Sérgio Bastião, ou Sérgio B, remata dizendo que a música, o convívio e as noites são o seu ADN: “Sempre que estou a passar música as horas passam rapidamente e quando chega a noite ao fim sabe a pouco. Mas acabo com a alma cheia!”. E as pessoas também. Para conferir já esta sexta-feira, num Scada perto de si.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here