Quarta-feira, Março 3, 2021
- Publicidade -

Abrantes | Secular ‘Feira de São Matias’ arranca dia 14 no Aquapolis

Abrantes acolhe a partir do dia 14 de fevereiro a centenária Feira de São Matias, evento que vai decorrer até ao dia 8 de março, sendo o certame considerado um dos ex-libris culturais do concelho e motivo de atração e desenvolvimento local. A Feira volta a ter lugar nos terrenos circundantes ao espaço ribeirinho do Aquapolis, na margem sul, em Rossio ao Sul do Tejo.

- Publicidade -

A Feira de São Matias volta a estar preenchida de carrocéis e outros divertimentos, espaços com jogos eletrónicos, barracas de quinquilharia, exposição e venda de viaturas e de alfaias agrícolas, bares, roulottes de farturas, pipocas e algodão doce.

A tradicional Feira de São Matias é uma organização da Câmara Municipal de Abrantes cuja realização remonta ao século XIII e que se apresenta como um marco sociocultural na vida dos abrantinos e dos visitantes que, vindos dos concelhos vizinhos, ali se deslocam durante este período.

- Publicidade -

A Câmara Municipal de Abrantes decidiu manter em definitivo em Rossio ao Sul do Tejo a Feira de São Matias, “após auscultação dos feirantes e dos abrantinos” disse o presidente da Câmara, Manuel Jorge Valamatos, em reunião de executivo.

“Vamos voltar a fazer a Feira de São Matias em Rossio ao Sul do Tejo. Em primeiro lugar porque os feirantes desejam que assim seja. Entendem que no Vale da Fontinha fica com algumas fragilidades da do ponto de vista da dispersão da atividade. E daqui a duas ou três semanas vamos iniciar o mercado semanal no Vale da Fontinha e isto significaria que ficávamos dois meses sem o mercado semanal”, explicou o presidente.

Manuel Jorge Valamatos acrescentou que o executivo vai “apostar de forma forte no Rossio ao Sul do Tejo para consolidar ali a Feira de São Matias, apostar numa melhor disposição, da valorização das entradas, nos acessos e na ornamentação”.

Foram também ouvidos os feirantes do mercado semanal que demonstraram a preocupação por durante a Feira não poderem exercer a sua atividade. Solicitaram assim que a realização da feira de São Matias se mantivesse no Rossio, permitindo que o mercado semanal se realize durante os doze meses do ano.

“Juntando a estas opiniões, os acessos facilitados e uma localização privilegiada que proporciona a todos os visitantes uma experiência única em Abrantes, decidimos ter este local como o definitivo”, referiu ainda o autarca, lembrando que o Vale da Fontinha “foi feito para ser uma bolsa de estacionamento para a cidade”.

O Vale da Fontinha, para onde estava prevista a transição do certame, manterá o seu objetivo inicial de funcionar como bolsa de estacionamento com mais de 300 lugares e parque de feiras e eventos. Passa a receber desde já a Feira Retalhista, vulgo Mercado Semanal, e a Feira Grossista todas as segundas-feiras do mês, assim como a sua abertura passa a poder receber associações e empresas locais que queiram aí desenvolver atividades.

“A Feira de S. Matias conflitua com o Mercado Semanal”, reforçou o presidente.

Os vereadores da oposição recordaram a aposta e o planeamento da anterior presidente da Câmara ao pensar colocar a Feira de São Matias no Vale da Fontinha, possibilidade que agora cai por terra.

Armindo Silveira, eleito pelo Bloco de Esquerda, reconhece a existência de alguns projetos “para albergar certas atividades mas na prática exigem alterações, mas durante muito tempo houve esse anúncio e agora ficamos a pensar como se planeiam certas coisas”, notou.

Por seu lado, o vereador do Partido Social Democrata (PSD), Rui Santos, vê “com agrado” que a Feira possa ficar definitivamente num espaço. Lembra que na época em que a antiga presidente Maria do Céu Albuquerque defendia a Feira para o Vale da Fontinha o PSD apontava a proximidade do Hospital e das Escolas.

E refere o “show off” da ex-presidente de Câmara. Recorda que “há anos os feirantes levantaram problemas sobre a realização da Feira no Rossio” mas agora, perante tal preferência dos vendedores, confirma que “o atual presidente dá uma maior abertura que a anterior presidente”, disse o vereador do PSD.

Secular ‘Feira de São Matias’ mantém-se no Aquapolis e arranca este ano a 14 de fevereiro.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).