- Publicidade -

Sábado, Janeiro 22, 2022
- Publicidade -

Abrantes | Requalificação de estrada entre Tramagal e Bicas em fase final de conclusão (c/audio)

A Câmara Municipal de Abrantes tem em fase final de conclusão um investimento global de cerca de um milhão de euros na requalificação de três estradas no concelho que apresentavam um piso bastante degradado, sendo elas as de Bicas a Tramagal (um troço de quase 8 km e até Vale de Açor), a estrada entre Barca do Pego e Valhascos (já no limite do concelho de Abrantes), e a estrada de Maxial, na freguesia de Fontes.

- Publicidade -

A estrada entre Bicas e Tramagal, cerca de 8 km, está em fase final de requalificação num investimento superior a 400 mil euros + IVA. O troço final, junto à EN118, na vila de Tramagal, está em acabamentos devido à necessidade de substituição da conduta principal de água, trabalhos que estão a decorrer.  “Estamos a breves dias de ter esta obra executada”, disse o presidente da Câmara de Abrantes, tendo feito notar que era uma estrada que há muito necessitava de requalificação e que era também uma questão de segurança que estava ali em causa devido às características daquela via.

Estrada entre Bicas e Tramagal, cerca de 8 km, está em fase final de requalificação num investimento superior a 400 mil euros. Foto: mediotejo.net

“Estas intervenções vão ter importância na qualidade de vida das populações” abrangidas e de quem circula naquelas vias, disse ao mediotejo.net o presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Manuel Jorge Valamatos, tendo feito notar que as mesmas são “estruturantes” em diferentes freguesias do concelho garantindo a qualidade e a segurança dos automobilistas que circulam nestas vias internas.

- Publicidade -

“Mais oito dias e a intervenção dos Serviços Municipalizados em Tramagal fica concluída, permitindo depois a intervenção do empreiteiro para a conclusão da requalificação e asfaltamento da estrada”, notou.

A estrada municipal 555, que liga a Barca do Pego (Abrantes) à entrada de Valhascos (Sardoal) foi alvo de uma intervenção que ascende aos 150 mil euros + IVA, tendo o presidente Manuel Jorge Valamatos explicado que devido às obras na Estrada Nacional 2 registou-se um “brusco processo de degradação” da via pelo que foi decidido avançar-se para a reabilitação daquela estrada. “A obra está concluída, falta exclusivamente a sinalização horizontal”, deu conta o autarca, relativamente a uma obra que há muitos anos era solicitada pela população.

- Publicidade -

Concluída está também a requalificação da Estrada Municipal do Maxial, freguesia de Fontes, com investimento de 300 mil euros + IVA, faltando apenas colocar a sinalização horizontal.

“Um investimento que ronda o milhão de euros em três estradas que precisavam há muitos anos de serem requalificadas e esperamos que com este investimento possamos também melhorar as condições de circulação dos nossos cidadãos”, notou o presidente da autarquia, num trabalho de requalificação de redes viárias que nunca acaba.

“Em todo o concelho, de uma maneira geral, vai havendo sempre reasfaltamentos e asfaltamentos novos, também por via dos contratos interadminstrativos. Não se consegue fazer tudo num dia, temos um território com 714 km2, e temos de ir encontrando sempre de forma organizada e planeada as melhores estratégias para ir resolvendo as diferentes situações”, notou.

Requalificação da estrada entre Tramagal e Bicas representou um investimento na ordem dos 400 mil euros + IVA. Foto: mediotejo.net

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome