Abrantes | Rede de fibra ótica chegará a todo o concelho, garante Altice

Manuel Jorge Valamatos e João Epifânio assinaram em Abrantes uma declaração de intenções para concretização da expansão da rede de fibra ótica no concelho. Créditos: mediotejo.net

O presidente da Câmara Municipal, Manuel Jorge Valamatos, e o Chief Sales Officer B2C da Altice Portugal, João Epifânio, assinaram esta quinta-feira 2 de julho em Abrantes uma declaração de intenções para a concretização da expansão da rede de fibra ótica no concelho, por forma a aumentar a área de cobertura neste território.

PUB

A comissão executiva da Altice Portugal iniciou, ontem, um périplo pelo território português, terminando esta quinta-feira com anúncios de parcerias e investimentos em 10 municípios, entre eles dois do Médio Tejo: Abrantes e Constância.

Em Abrantes assinou-se uma declaração de intenções entre o presidente da Câmara, Manuel Valamatos, e o administrador responsável pelo setor de Consumo da Altice Portugal, João Epifânio, para a concretização da expansão da rede de fibra ótica no concelho por forma a aumentar a área de cobertura neste território. No mesmo dia, a empresa de telecomunicações anunciou um investimento de dez milhões de euros a realizar na zona Norte e Centro do País para “reforço da expansão de fibra ótica de última geração”.

PUB

João Epifânio explica que a ideia da Altice passa por, “em colaboração com o município, planear as atividades necessárias, não sobrepor infraestruturas, ser o mais eficientes possível na planificação e na implementação de cobertura onde ela não existe e potenciais zonas de sombra, porventura corrigir. Trabalhando também as complementaridades que têm de ser extraídas daquilo que são as coberturas de rede novas e as coberturas de rede fixa com o objetivo de servir as populações”.

Esse serviço pretende ser integral, a chegar a todo o concelho de Abrantes, incluindo às freguesias a Sul como Bemposta onde as falhas de rede são comuns. O responsável avançou que a cobertura poderá não cobrir o território a 100%, mas quase.

“O objetivo é trabalhar para esse fim, para essa meta. Um trabalho que tem de ser gradual quer pelos desafios dos investimentos, quer pela própria morfologia do terreno e do território que obriga também a esforços diferentes, consoante estamos em meios mais urbanos ou mais isolados. É esse trabalho que iremos desenvolver com o município. Todos os portugueses são iguais e devem ter acesso a serviços de comunicações”, disse.

Manuel Jorge Valamatos e João Epifânio assinaram em Abrantes uma declaração de intenções para concretização da expansão da rede de fibra ótica no concelho. Créditos: mediotejo.net

Da parte da autarquia, o presidente deu conta da disponibilidade para “continuar o trabalho institucional, organizacional” a favor da comunidade, manifestando-se “muito satisfeito” com o trabalho da Altice no território. Manuel Valamatos recordou que a Norte do concelho, na Freguesia de Aldeia do Mato e Souto está em curso o reforço da rede de fibra ótica, tendo sido instalada recentemente uma Antena de Rede Móvel de Última Geração, em Cabeça Gorda.

PUB

Trata-se de uma declaração de interesses para que “em conjunto possamos colaborar nas diferentes infraestruturas que cada um tem para a valorização do crescimento do todo o concelho. Agora o trabalho está a ser mais acentuado na zona norte, mas a ideia é expandir a todo o concelho”, garantiu Manuel Valamatos.

Segundo João Epifânio, o périplo da comissão executiva por Portugal pretende “levar algum alento” neste contexto de pandemia e prende-se “com a mobilização do País, com o regresso à atividade económica depois de um período muito restritivo que todos vivemos, mas que também nos ensinou algumas coisas e do ponto de vista das soluções de comunicações. Ficou bem evidente que a tecnologia, algo que era visto como um pouco frio e distante, permitiu aproximar as pessoas, manter negócios ativos, apesar de todas as restrições”.

Em 2015 a Altice Portugal anunciava que “queria fibrar o País”, recordou o responsável, estabelecendo uma meta, o final de 2020, para chegar até 5.3 milhões de habitações. Atualmente, a rede de fibra ótica da Altice chega a cerca de 5.1 milhões de casas e empresas, mas João Epifânio acredita que o objetivo proposto será concretizado antes do final do ano.

“É importante que estes investimentos não residam apenas nos grandes centros urbanos, possam chegar a todo o País, chegar ao interior que já sofre de assimetrias significativas face a outros territórios. E dar o nosso contributo para a atividade económica na região Centro do País, independentemente da localização, que qualquer empresa possa ser tão competitiva quanto qualquer empresa em Lisboa ou noutro centro urbano”, acrescentou.

Manuel Jorge Valamatos e João Epifânio assinaram em Abrantes uma declaração de intenções para concretização da expansão da rede de fibra ótica no concelho. Créditos: mediotejo.net

Do ponto de vista da cobertura móvel “é fundamental garantir a cobertura das populações”, vincou o administrador responsável pelo setor de Consumo, sublinhando que a ação da empresa é “em muitas circunstâncias de forma desinteressada, porque do ponto de vista económico os investimentos não são rentabilizáveis” e, nesta medida, substituem-se “à figura do Estado”.

Até há pouco tempo existia a figura do Operador de Serviço Universal que o regulador deu por terminado, “revelando algum desconhecimento do que é a realidade e as assimetrias do nosso País”, criticou João Epifânio.

A declaração de intenções dará suporte a um documento “mais formal” para a expansão da rede de fibra ótica no concelho que será posteriormente submetido à Assembleia Municipal de Abrantes.

PUB

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here