Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Setembro 17, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes: PSP detém homem por posse de 50 armas ilegais e violência doméstica

Um homem com 61 anos de idade foi detido na segunda-feira em Rossio ao Sul do Tejo, Abrantes, por suspeita da prática do crime de violência doméstica e por estar na posse de mais de 50 armas proibidas, informou hoje o Comando Distrital da PSP de Santarém.

- Publicidade -

Em comunicado, a PSP ter apreendido “cerca de cinco dezenas de armas proibidas e mais de 150 munições de diversos calibres e classes”, na sequência de uma investigação desenvolvida pelas Brigadas de Investigação Criminal e inserida no plano de combate ao crime de violência doméstica e que culminou com vários mandados de busca em viaturas e um mandado de busca domiciliária.

O detido, que estava em posse de uma arma de classe A (faca de abertura automática), vai ser hoje presente à Autoridade Judiciária competente junto do Tribunal Judicial de Santarém para primeiro interrogatório Judicial e aplicação de eventuais medidas de coação.

- Publicidade -

 

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

1 COMENTÁRIO

  1. Convido todos os interessados a deslocarem-se ao caminho Municipal que liga S Facundo ao Vale das Mos que dista 4 km e vejam as miseráveis condições em que a mesma se encontra.
    Ha 24 anos que se promete alcatroar a mesma em sucessivas campanhas eleitorais mas cada vez a mesma está mais intransitável e desumana.
    Andou uma maquina a arranjar o caminho que liga a cruz das cabeças à Esteveiravonde passam dois carros por dia enquanto esta onde passam centenas de veiculos cada vez está mais miserável.
    Era capaz de dar um prêmio gordo a quem conseguisse acertar num buraco.
    Enfim é este o concelho que temos e que foi eleito, não se podem queixar

Responder a Paulo Cruz Cancelar resposta

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome