Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Julho 30, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes | Prova de Resistência BTT em São Facundo dia 11 de maio

As provas de BTT de longa distância, organizadas pela Casa do Povo de São Facundo, coletividade da freguesia do concelho de Abrantes, dão lugar à  edição da I Prova de Resistência em BTT, marcada para este sábado, dia 11 de maio.

- Publicidade -

Uma prova de Resistência BTT, organizada pela Casa do Povo de São Facundo realiza-se no sábado, dia 11 de maio, como início marcado para as 16h30, no Campo de Jogos da Casa do Povo de São Facundo. A duração da competição será de três horas, contará com trajetos de terreno irregular e, segundo a organização, com alguma dureza.

Esta associação tem história quanto a provas de BTT, tendo já organizado passeios e competições desta modalidade, algumas incluídas no Prémio Jórbi. Segundo Mário Cardoso, presidente da Casa do Povo de São Facundo, “a importância desta Resistência BTT eleva-se pela dimensão que queremos impor na mesma, porque para além de ser a primeira edição, queremos voltar a realizá-la nos próximos anos, ainda com mais qualidade e projeção”.

- Publicidade -

Para além da participação da equipa de futebol amador na Taça Fundação Inatel, a Casa do Povo de São Facundo tem vindo realizar iniciativas para os sócios e comunidade local, prometendo continuar a promover o convívio e a competição saudável.

“A prova está inserida num conjunto de iniciativas que pretendem dinamizar a aldeia, considerando os seus costumes e interesses, e iniciar uma aproximação de outras comunidades à população e aos acontecimentos em São Facundo”, referiu, ainda, Mário Cardoso.

Trata-se de uma Resistência BTT dirigida a atletas de todas as idades. A organização oferecerá prémios aos três primeiros classificados de cada escalão. A entrega dos prémios acontecerá pelas 21h45, no salão da Casa do Povo de São Facundo.

Após a prova, os participantes terão direito a banho e a alimentação. Aqueles que não pretendem participar, mas que querem acompanhar a prova de perto, poderão petiscar na zona de comes e bebes.

 

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome