- Publicidade -

Sexta-feira, Dezembro 3, 2021
- Publicidade -

Abrantes | Projeto “Visionários” da Artemrede transforma espetadores em programadores

O projeto “Visionários”, que a plataforma Artemrede estreia em sete municípios, no sábado, Dia Europeu do Espetador, tem por objetivo chamar o público ao processo de participação e decisão, na programação cultural, de acordo com a entidade.

- Publicidade -

“O projeto é inédito em Portugal e propõe um novo modelo de aproximação entre espetadores, artistas e instituições culturais”, disse à agência Lusa Vítor Pinto, da Artemrede, tendo referido que aquele se apresenta como uma “plataforma de debate que fomenta o processo participativo do espetador, que abandona o seu papel tendencialmente passivo, para participar ativamente nos processos de programação”.

O “objetivo último”, destacou o programador, “é levar mais público aos teatros, quebrar um pouco aquela ideia que as instituições são distantes e elitistas, trazendo os espectadores para dentro da organização e eles próprios participarem na seleção de espetáculos ligados às artes performativas e artes cénicas, como sejam a dança, o teatro, as marionetas e formas animadas”.

- Publicidade -

Os diferentes grupos de “Visionários” portugueses vão reunir-se pela primeira vez este sábado, dia 18 de novembro, às 17:00, durante o European Spectators Day (Dia Europeu do Espetador), nos sete municípios aderentes ao projeto (Abrantes, Lisboa, Pombal, Sobral de Monte Agraço, Moita, Oeiras e Barreiro), evento que acontece simultaneamente em várias cidades da Europa. A sessão prevista para hoje em Abrantes foi cancelada e será agendada para data posterior.

“Neste dia, num processo que vai decorrer até março de 2018, as experiências dos espetadores de diferentes nacionalidades serão debatidas em diferentes equipamentos culturais e partilhadas através do facebook do evento”, observou Vitor Pinto.

“O público é convidado pelos municípios e a única condição é que não tenha relação direta com organização de eventos ou com o setor cultural, em termos profissionais. Que sejam meros espetadores e consumidores de cultura”, frisou.

No âmbito do projeto, nestes sete municípios, serão organizados encontros com os espetadores locais que, nos próximos meses, irão assistir e debater os conteúdos de vários espetáculos.

O objetivo é selecionar alguns dos títulos a apresentar nos equipamentos culturais dos seus municípios ao longo de 2018, nomeadamente durante o 2.º Manobras – Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas.

A Artemrede é um projeto de cooperação cultural com 12 anos de atividade, atualmente constituído por 15 municípios, agregando e fazendo interagir cidades com diferentes escalas.

Integrando os municípios de Abrantes, Alcanena, Alcobaça, Almada, Barreiro, Lisboa, Moita, Montijo, Oeiras, Palmela, Pombal, Santarém, Sesimbra, Sobral de Monte Agraço e Tomar, trabalha a especificidade dos territórios através do apoio à criação artística, à programação cultural em rede, à qualificação e formação e às estratégias de mediação cultural.

Agência de Notícias de Portugal

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome