Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Quarta-feira, Maio 12, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes | Prémios de Mérito para alunos do secundário e profissional

A entrega dos Prémios de Mérito aos melhores alunos do ensino secundário e profissional do concelho de Abrantes, referentes ao ano 2015/16, realizou-se na sexta-feira, dia 16 de dezembro, no auditório da Escola Dr. Manuel Fernandes.

- Publicidade -

A Tejo Energia e a Câmara Municipal de Abrantes comparticipam anualmente com uma verba até 5 mil euros, enquanto as escolas envolvidas desenvolvem o processo de seleção dos alunos, sendo que a regra do apuramento é a obtenção da melhor média calculada através das classificações obtidas no 12º ano (10º, 11º, 12º) incluindo as classificações de exame da 1ª e 2ª fase.

Os melhores alunos foram:

- Publicidade -

Joana Afonso de Moura Onofre – Escola Profissional Desenvolvimento Rural de Abrantes (ensino profissional);

Rui Jorge da Silva Neves – Escola Dr. Solano de Abreu (curso profissional);

Duarte Magalhães Silva Esteves – Escola Dr. Solano de Abreu (ensino secundário). (recebeu o irmão, Dinis Silva);

Rúben Alexandre Dias Marques – Escola Dr. Manuel Fernandes (curso profissional);

João Pedro Barbas Gaio e Silva – Escola Dr. Manuel Fernandes (ensino secundário).

Os prémios são um incentivo ao mérito do desempenho dos alunos e resultam de um protocolo de colaboração estabelecido em 2012 entre a Câmara Municipal, a Tejo Energia, as escolas secundárias e a EPDRA. A entrega dos prémios foi feita pela presidente da Câmara de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque, pelo administrador da Pegop, José Graça, pelo diretor do Agrupamento de escolas Manuel Fernandes, Alcino Hermínio, e pelo director da EPDRA, João Quinas.

Na ocasião foi ainda apresentada a edição municipal do livro do jovem abrantino João Gaio e Silva, ”O que pode fazer a Filosofia pela tolerância e paz mundial”, Menção Honrosa da III Edição do Prémio do Ensaio Nacional em Ética e Filosofia Prática, promovido pela Associação Portuguesa de Ética e Filosofia Prática.

c/CM ABT

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome