Abrantes | Praças do RAME juram Bandeira em cerimónia com distinções a militares e combatentes (c/fotos)

Praças do RAME prestaram Juramento de Bandeira no Jardim da República, em Abrantes

Os formandos do 5º curso de Formação Geral Comum de Praças do Exército de 2018 do Regimento de Apoio Militar de Emergência (RAME) prestaram Juramento de Bandeira na sexta-feira, 20 de julho, no Jardim da República, em Abrantes. Os 41 homens e oito mulheres foram acompanhados por muitos familiares e amigos que se juntaram para assistir à cerimónia solene presidida pelo Comandante das Forças Terrestres, Tenente-General Rui Davide Guerra Pereira.

PUB

Presentes estiveram, também, diversas personalidades ligadas a entidades públicas e militares, nomeadamente a presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque, o presidente da Câmara de Mação, Vasco Estrela, e o vice-presidente da Câmara Municipal de Sardoal, Jorge Gaspar, entre outras entidades e autarcas. Assistiu-se aos diversos momentos simbólicos que marcaram o final de cinco semanas de formação, tendo um deles sido a imposição de condecorações a antigos combatentes.

A medalha comemorativa de campanha foi atribuída aos militares que serviram em situação de campanha, nomeadamente a Fernando Jorge Mendes da Rocha, que serviu em Moçambique entre 1972 e 1974.

PUB
Praças do RAME prestaram Juramento de Bandeira no Jardim da República, em Abrantes. A presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque e o presidente da Câmara Municipal de Mação, Vasco Estrela

Na integração do Estandarte Nacional na Formatura Geral, o Estandarte Nacional do RAME foi transportado pelo alferes Luís Cerqueira.

Seguiu-se a alocução pelo Comandante da Companhia de Formação, o Capitão de Cavalaria João Salavessa, que se dirigiu aos 49 jovens que juraram bandeira, aqueles que “aspiram ser soldados de Portugal”, destacando a evolução dos mesmos aos longo da formação. “O caminho mais certo para vencer é tentar mais uma vez”, disse, acrescentando que “a sorte é o que acontece quando agarramos a oportunidade”.

PUB

Dirigindo-se aos familiares afirmou: “Os vossos filhos estão aqui para jurar defender o que todos nos une: a pátria portuguesa”. E continuou considerando que a etapa encerrada com o juramento de bandeira mostra a inexistência de impossíveis, referindo que os recrutas “aprenderam que é perante as dificuldades que um homem e uma mulher se descobrem”, concluindo com a frase do poeta Camões sobre “a ditosa pátria minha amada”.

Chegou depois o momento alto da cerimónia solene em que os formandos fizeram o seu juramento de bandeira depois de enunciados os deveres militares pelo Chefe de Secretaria do Comando do Apoio Militar de Emergência, Sargento-Chefe do Serviço Geral do Exército, José Claro. A fórmula foi lida pelo Comandante das Forças em Parada.

O prémio para o recruta do 5º curso de Formação que se distinguiu durante a instrução básica com uma classificação de 17,16 valores foi atribuído ao soldado do pelotão de formandos Hernani Rocha, que recebeu o prémio pelas mãos de familiares. O mesmo militar que no momento de imposição das boinas mereceu a medalha de Mérito Escolar com a classificação final de 18,91 valores. A medalha de Mérito Pessoal foi atribuída à soldado recruta Ana Margarida Rodrigues com a classificação de 16 valores. E a medalha de Desembaraço Físico ao soldado Marco Laureano com a classificação de 17,06 valores.

As Forças em Parada, nomeadamente o pelotão da companhia de formação do quinto curso de formação geral comum de praças do Exército, que jurou bandeira, desfilaram em parada, prestando continência ao Estandarte Nacional com o pelotão de guarda de honra comandando pelo Aspirante José Lima.

A abrir o desfile o segundo Comandante do RAME, o Tenente-Coronel de Infantaria António Ferreira, ele próprio condecorado com a Medalha de Comportamento Exemplar, Grau Ouro.

Seguiu-se a Companhia de Comando e Serviços do RAME, a dois pelotões, comandada pelo Capitão de Cavalaria Fábio Cruz, seguida da Companhia de Formação a dois pelotões comandada pelo Capitão de Cavalaria João Salavessa.

A cerimónia terminou com a atuação da Banda do Exército comandada pelo Sargento-Chefe Sérgio Mendes.

Esta foi a terceira cerimónia de Juramento de Bandeira do RAME descentralizada de 2018. A primeira decorreu em Mação, em abril, e a segunda em Sardoal, em maio.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here