Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Segunda-feira, Novembro 29, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Abrantes | Praças do RAME juram Bandeira em cerimónia com distinções a militares e combatentes (c/fotos)

Os formandos do 5º curso de Formação Geral Comum de Praças do Exército de 2018 do Regimento de Apoio Militar de Emergência (RAME) prestaram Juramento de Bandeira na sexta-feira, 20 de julho, no Jardim da República, em Abrantes. Os 41 homens e oito mulheres foram acompanhados por muitos familiares e amigos que se juntaram para assistir à cerimónia solene presidida pelo Comandante das Forças Terrestres, Tenente-General Rui Davide Guerra Pereira.

- Publicidade -

Presentes estiveram, também, diversas personalidades ligadas a entidades públicas e militares, nomeadamente a presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque, o presidente da Câmara de Mação, Vasco Estrela, e o vice-presidente da Câmara Municipal de Sardoal, Jorge Gaspar, entre outras entidades e autarcas. Assistiu-se aos diversos momentos simbólicos que marcaram o final de cinco semanas de formação, tendo um deles sido a imposição de condecorações a antigos combatentes.

A medalha comemorativa de campanha foi atribuída aos militares que serviram em situação de campanha, nomeadamente a Fernando Jorge Mendes da Rocha, que serviu em Moçambique entre 1972 e 1974.

- Publicidade -

Praças do RAME prestaram Juramento de Bandeira no Jardim da República, em Abrantes. A presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque e o presidente da Câmara Municipal de Mação, Vasco Estrela

Na integração do Estandarte Nacional na Formatura Geral, o Estandarte Nacional do RAME foi transportado pelo alferes Luís Cerqueira.

Seguiu-se a alocução pelo Comandante da Companhia de Formação, o Capitão de Cavalaria João Salavessa, que se dirigiu aos 49 jovens que juraram bandeira, aqueles que “aspiram ser soldados de Portugal”, destacando a evolução dos mesmos aos longo da formação. “O caminho mais certo para vencer é tentar mais uma vez”, disse, acrescentando que “a sorte é o que acontece quando agarramos a oportunidade”.

Dirigindo-se aos familiares afirmou: “Os vossos filhos estão aqui para jurar defender o que todos nos une: a pátria portuguesa”. E continuou considerando que a etapa encerrada com o juramento de bandeira mostra a inexistência de impossíveis, referindo que os recrutas “aprenderam que é perante as dificuldades que um homem e uma mulher se descobrem”, concluindo com a frase do poeta Camões sobre “a ditosa pátria minha amada”.

Chegou depois o momento alto da cerimónia solene em que os formandos fizeram o seu juramento de bandeira depois de enunciados os deveres militares pelo Chefe de Secretaria do Comando do Apoio Militar de Emergência, Sargento-Chefe do Serviço Geral do Exército, José Claro. A fórmula foi lida pelo Comandante das Forças em Parada.

O prémio para o recruta do 5º curso de Formação que se distinguiu durante a instrução básica com uma classificação de 17,16 valores foi atribuído ao soldado do pelotão de formandos Hernani Rocha, que recebeu o prémio pelas mãos de familiares. O mesmo militar que no momento de imposição das boinas mereceu a medalha de Mérito Escolar com a classificação final de 18,91 valores. A medalha de Mérito Pessoal foi atribuída à soldado recruta Ana Margarida Rodrigues com a classificação de 16 valores. E a medalha de Desembaraço Físico ao soldado Marco Laureano com a classificação de 17,06 valores.

As Forças em Parada, nomeadamente o pelotão da companhia de formação do quinto curso de formação geral comum de praças do Exército, que jurou bandeira, desfilaram em parada, prestando continência ao Estandarte Nacional com o pelotão de guarda de honra comandando pelo Aspirante José Lima.

A abrir o desfile o segundo Comandante do RAME, o Tenente-Coronel de Infantaria António Ferreira, ele próprio condecorado com a Medalha de Comportamento Exemplar, Grau Ouro.

Seguiu-se a Companhia de Comando e Serviços do RAME, a dois pelotões, comandada pelo Capitão de Cavalaria Fábio Cruz, seguida da Companhia de Formação a dois pelotões comandada pelo Capitão de Cavalaria João Salavessa.

A cerimónia terminou com a atuação da Banda do Exército comandada pelo Sargento-Chefe Sérgio Mendes.

Esta foi a terceira cerimónia de Juramento de Bandeira do RAME descentralizada de 2018. A primeira decorreu em Mação, em abril, e a segunda em Sardoal, em maio.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome